Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Zero de Conduta

Zero de Conduta

21
Jul08

O fracasso do assistencialismo

Pedro Sales

Apesar de terem recebido milhões e milhões de euros em subsídios nos últimos anos, do contribuinte ter apoiado financeiramente o seu estilo de vida pomposo enquanto foram pedinchando tudo ao Estado, de serem alvo das isenções mais variadas e de políticas de promoção sabe-se-lá do quê, há comunidades que continuam a aproveitar-se dos nossos complexos de culpa para viver impunemente à margem da lei. Estou-me nas tintas para o que venham a dizer a seguir os defensores do políticamente correcto, mas o que esta notícia prova é que há grupos que têm vivido à nossa custa e que, mesmo assim, continuam sem aceitar cumprir as mais elementares regras da vida em sociedade, a começar pelo respeito pelas lei. Num país refém dos complexos de culpa da direita bem pensante, perita em inventar os mais mirabolantes contextos sociológicos para defender estas vítimas da globalização e dos falhanços do Estado, casos como estes continuarão sempre a existir quando se forem embora as câmaras da televisão.

 

Estou a falar da continuada exploração da mão de obra infantil pelos empresários dos têxteis, como é claro.

13
Mai08

Nojo

Pedro Sales

Na Birmânia, enquanto a Junta Militar levanta todo o tipo de obstáculos à ajuda humanitária internacional, e a que entra é etiquetada como se fosse uma dádiva dos tiranos no poder, o regime continua a exportar arroz e afirma-se disposto a manter todos os compromissos contratuais de um negócio de que detém o monopólio das exportações. O que se está a passar na Birmânia, sob o olhar complacente da comunidade internacional, é o definitivo sinal da inutilidade que dá pelo nome de Tribunal Penal Internacional, um organismo que actua com a mesma selectividade que a justiça portuguesa dedica aos presidentes dos clubes de futebol. Só se lembram dos seus crimes quando abandonam o cargo e já não têm poder para continuar a chantagem.

11
Mai08

lies, damned lies

Vasco Carvalho

Inflação...

 

                                                                       ... e desemprego

 

"The corruption has tainted the very measures that most shape public perception of the economy—the monthly Consumer Price Index (CPI), which serves as the chief bellwether of inflation; the quarterly Gross Domestic Product (GDP), which tracks the U.S. economy's overall growth; and the monthly unemployment figure, which for the general public is perhaps the most vivid indicator of economic health or infirmity" (aqui para Why the economy is worse than we think, Kevin Phillips, Harper's)

29
Mar08

O fundamentalismo do vizinho é sempre maior que o meu

Pedro Sales

A divulgação do filme contra o Islão, do deputado holandês de extrema-direita Geert Wilders, promete fazer renascer o já habitual debate sobre a intolerância do islão. Curiosamente, reina o silêncio e não parece haver maneira de encontrar os mesmos inflamados editoriais sobre os limites à liberdade de expressão a propósito da censura de um anúncio de cosméticos na pacata e liberal Inglaterra. A campanha publicitária, que aqui se mostra e que descobri no 5 Dias, foi banida das televisões pelas supostas ofensas aos cristãos perpetradas por meia dúzia de modelos que aparecem a rezar para garantir a beleza dos seus cabelos. Chocante, como se percebe...

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

ZERO DE CONDUTA

Filipe Calvão

José Neves

Pedro Sales

Vasco Carvalho


zeroconduta [a] gmail.com

Arquivo

  1. 2008
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2007
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D