Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Zero de Conduta

Zero de Conduta

24
Abr08

Próxima estação Guantanamo

Pedro Sales

O Grupo de Operações Especiais (GOE) da PSP vai receber formação dos BOPE, a força policial do Rio de Janeiro que se tornou mundialmente famosa pela brutalidade dos métodos evidenciados no filme “Tropa de Elite”. O recurso à tortura e a licença para disparar a matar - que utilizam com uma benevolente permissividade nas suas incurssões nas favelas -, já faz parte da imagem de marca desta força policial que usa uma caveira como símbolo e que se tornou uma cliente habitual dos relatórios da Amnistia Internacional.

É este o bonito cartão de visita da força policial que vai formar o principal corpo de elite da PSP. Não só não se percebem as razões técnicas que levam um corpo antiterrorista, como os GOE, a recorrer ao treino de uma força especializada no combate urbano ao narcotráfico, como é completamente inaceitável a legitimação e branqueamento que a PSP está a fazer dos métodos de um corpo policial que se comporta como um esquadrão da morte. Quem sabe ainda vemos o ministro Rui Pereira a autorizar os GOE a dar um salto a Guantanamo. Sempre podiam aprofundar a matéria dada.
24
Mar08

O que resta

Pedro Sales

As autoridades chinesas prometem esmagar os protestos no Tibete, uma ameaça que é para levar a sério tratando-se, como é o caso, de um regime ditatorial que sabe impor a sua colossal força económica para garantir o silêncio e conivência internacional perante o sistemático desrespeito pelos direitos humanos. Um único problema. Os Jogos Olímpicos têm que ser um sucesso que não pode ser importunado. Os Jogos Olímpicos não são uma prova desportiva para a gerontocracia de Pequim. São o supremo acto de branqueamento de um regime que usa a memória histórica de Mao para legitimar socialmente o trabalho escravo e conta com a simpatia de um capitalismo que nunca convive mal com a falta de liberdade politica e sindical quando esta lhes garante os melhores salários e os melhores horários.

Alheio a tudo isso, o PCP garante que “está cada vez mais claro que estes incidentes têm como objectivo político comprometer os Jogos Olímpicos". Em nome de um sectarismo só possível a quem nunca compreendeu a queda do muro, resta ao PCP a associação a regimes como o chinês ou o da Coreia do Norte. Convenhamos que não é um grande cartão de visita para quem, entre portas, se reivindica portador de um discurso de defesa dos valores democráticos e da liberdade sindical.

Actualização: Já que o regime chinês, e o seu impecável registo de respeito pelos direitos humanos, merece tanta compaixão na caixa de comentários destes post, limito-me a deixar aqui os relatórios da Amnistia Internacional de 2007 e 2003...muito antes do apedrejamento de cidadãos chineses que o pacífico regime de Pequim apenas procurou suster.
18
Mar08

Tibete

Pedro Sales

O regime chinês é o pior de todos os sistemas, mesmo contando com todos os outros. Conjugando os piores defeitos do capitalismo com os dos regimes comunistas, a China goza da benevolência internacional só permitida a um gigante que garante os produtos baratos que mantêm a inflação controlada nestes tempos em que o petróleo se compra a preços de caviar. Perante a repressão indiscriminada e o bloqueio total da informação a partir do Tibete, a ONU pede contenção na repressão e os EUA pedem aos dois lados (!) para parar a violência.Está certo, os bons negócios são sempre entre amigos.

Concentração e vigília em frente à embaixada chinesa, 4ª feira, 19 de Março, a partir das 18.30 (R. São Caetano, 2, Lisboa, à Lapa)

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

ZERO DE CONDUTA

Filipe Calvão

José Neves

Pedro Sales

Vasco Carvalho


zeroconduta [a] gmail.com

Arquivo

  1. 2008
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2007
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D