Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Zero de Conduta

Zero de Conduta

22
Abr08

A revolução pixelizada em toca-ecrã

Filipe Calvão

Perceptive Pixel é a empresa que produz estes ecrãs. Para os aficionados das primárias, numa cnn perto de si, a noite eleitoral torna-se menos aborrecida.
Este fim-de-semana estive em Erie, Pensilvânia, e pude experimentar as novas urnas eleitoriais electrónicas, em mostra na biblioteca local. Optei pelo boletim republicano e votei em mim. A revolução será multi-toque, sem rasto de papel.

03
Abr08

picar o ponto

Filipe Calvão
Ainda as primárias: Barack Obama é entrevistado no Hardball de 2 Abril (41 m) e a United Church of Christ (coligação de que faz parte a Trinity Church) publica este anúncio no NYTimes de 4a feira.

Ainda o dia das mentiras: António Borges acusa o governo de perseguição nas empresas públicas mas parece esquecer os 2.2 mil milhões de euros que a EDP pagou à Goldman Sachs em Julho de 2007. E António Borges não foi nem vice-presidente nem director da Goldman Sachs: foi um parceiro de piscina.

Ainda a crise do subprime: a NPR  fala em casino em auto-gestão e avança com uns números:

The value of the entire U.S. Treasuries market: $4.5 trillion.

The value of the entire mortgage market: $7 trillion.

The size of the U.S. stock market: $22 trillion.

OK, you ready?

The size of the credit default swap market last year: $45 trillion.

(Texto e ficheiro áudio do programa da NPR aqui, com link para a melhor história do dia das mentiras)

E logo à noite não se esqueçam de ver a Oprah.
07
Mar08

Vergonha dos amigos?

Pedro Sales

George Bush recebeu, há dois dias, McCain na Casa Branca para prestar o seu apoio ao candidato republicano nas presidenciais norte-americanas. Curiosamente, tanto o site de McCain como o do próprio partido republicano não fazem nenhuma referência ao assunto. Quem quiser ver o relato do acontecimento tem que ir ao site do partido democrata (!), que colocou um vídeo da conferência de imprensa, como "serviço público", para que os americanos possam ver Bush garantir que o candidato republicano vai seguir a sua desastrosa política económica e no Iraque. Com amigos destes!
05
Mar08

all the way baby?

Vasco Carvalho

Slate's Delegate Counter

Clinton teria de ganhar todos os 12 Estados restantes por margens maiores que 60-40 para reequilibrar os totais de delegados. Mas ficou bastante mais perto de equilibrar o total de votos, e isso interessa para estancar a hemorragia de superdelegados, variável crucial na decisão final. E é o suficiente para a narrativa mediática das próximas semanas: de underdog a comeback kid, via Saturday Night Live, Hillary e a mudança de atitude na imprensa quebram o momentum de Obama. A América adora uma luta renhida e as audiências disparam.

we're going all the way baby.
01
Mar08

São 3 da manhã (e há perguntas que mais vale não fazer)

Pedro Sales
São 3 da manhã e os seus filhos estão a dormir em segurança. O telefone vermelho toca na Casa Branca. Quem é que você quer que atenda o telefone?

É este o tema do mais recente, e polémico, anúncio televisivo de Hilary Clinton. Polémico, porque são demasiado evidentes as semelhanças com a estratégia de Bush de agitar o medo e a insegurança com o terrorismo para obter dividendos políticos. Pior, as semelhanças com um antigo anúncio de apoio a McCain são tão notórias que é difícil não acreditar que o trabalho foi plagiado. Obama foi rápido a responder, colocando no ar um anúncio a responder à letra, mas a melhor desmontagem da mensagem de Hillary veio de onde menos se esperava: de um pequeno estúdio de criativos de Chicago. Genial e hilariante.

* Para quem não conhece a história do personagem do vídeo, Muffley é um político com um longo currículo.
12
Fev08

Bomb Bomb McCain

Pedro Sales
Depois do sucesso da versão musical do discurso de Obama, que vai a caminho de se tornar num dos clips mais vistos no Youtube em 2008, não podia demorar muito até que começassem a surgir as versões satíricas. Esta, sobre a obsessão de McCain na persistência no atoleiro em que se transformou o Iraque, é absolutamente hilariante e devastadora.

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

ZERO DE CONDUTA

Filipe Calvão

José Neves

Pedro Sales

Vasco Carvalho


zeroconduta [a] gmail.com

Arquivo

  1. 2008
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2007
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D