De Ibn Erriq a 22 de Agosto de 2008 às 14:59
O titulo do seu post é sintomático "O gostinho ideológico", diga-me uma coisa, o gostinho ideológico do PR incomoda-o? Acha que ele mesmo tendo sido eleito pelos portugueses, mesmo atendendo às suas idiossincrasias, não devia fazer valer aquilo que ele defende? Por outro lado acha que todos aceitemos os o seu "O gostinho ideológico"?

"O casamento é para a vida. Nem que seja imposto." Em seu entender o divórcio deve valer mesmo que imposto? Não acha que as pessoas têm que ser conscientes daquilo que fazem, assumir as suas responsabilidades? Eu acho. Olhe não acho que o casamento tenha que ser para a vida, aliás há actualmente mecanismos para lhe por fim não há? Parece-me que são necessários dois para dançar o tango!

Há uma certa esquerda que por um lado quer abandalhar o divórcio desprotegendo a parte mais fraca,indo contra aquilo que tanto apregoa.
Mas depois quer casar os pessoas do mesmo sexo, afinal querem o divórcio ou o casamento? Vejam lá decidam-se!

É desta esquerda, que se julga progressista e que vai atrás de tudo que lhe cheira a vanguardista, que eu me tenho cada vez afastado mais veja lá como o as coisas são: eu até já votei no PSR ;-)


Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres