Comentários:
De joão gaspar a 21 de Agosto de 2008 às 22:18
caro ibn,

juro que não percebi o que quer dizer com isso das reminiscências no seu comentário. e digo isto sem qualquer ironia, que essa ficou toda no meu primeiro comentário lá em cima.

e se satisfaz a curiosidade, por acaso voltei de espanha há coisa de três semanas ou assim.




De Ibn Erriq a 21 de Agosto de 2008 às 22:42
Caro João,

Disse Espanha mas podia dizer Itália, ou outro país qualquer!

O que pretendia dizer, num tom de humor, é que seguramente não se referia a participações portuguesas nos JO, mas de um outro país qualquer.

Já agora, sinceramente, espero que tenha feito boa viagem


De joão gaspar a 21 de Agosto de 2008 às 23:05
exacto, podia falar de outro país qualquer, podia.
assim como os comentadores que exigiam (infelizmente sem aspas, nem humores ou ironias) medalhas e êxitos olímpicos para um país que nunca os teve a não ser de maneira muito pontual.

a viagem foi óptima, obrigado.

um abraço.


De Ibn Erriq a 21 de Agosto de 2008 às 23:17
Caro João,

Eu tenho um visão bem mais poética do desporto do que muita dessa gente! Muito provavelmente vêem as medalhas como prova que são melhores que os vizinhos, mesmo que por interposta pessoa ;-) , eu vejo as medalhas como forma de premiar os que se foram mais além que os demais, ou seja, os que se conseguiram superar.

Eu tenho um amigo que costuma dizer, não importa onde chegamos, mas sim o que fazemos para lá chegar :-D


Comentar post