De Dutilleul a 14 de Agosto de 2008 às 16:21
Olhe, Pedro, não resisto, procurando ser tão delicado quanto possível:

O Sr. acha de bom gosto essa sua ironiazinha ordinária?
O Sr. acha que o GNR, quando saiu para trabalhar e se despediu dos filhos, levava com ele o projecto de limpar o sebo a um infante?
O Sr. já pensou, por um segundo que seja, na tragédia pessoal que esse homem estará certamente a viver agora?

Felizmente não padeço dessa doença infantil de categorizar o mundo em coisas que estão à esquerda e coisas que estão à direita – versão erudita do jogo dos índios e cowboys – mas não há dúvida nenhuma que sobrevivem por aí uns índios que insistem em reclamar para si o exclusivo do respeito pela vida humana.
Eu sei que o senhor reivindica 0 de comportamento, mas a arrogância de pretender o monopólio da ética é uma impertinência completamente insuportável.

Faça um esforço para se comportar com alguma civilidade no debate destas questões.

Passe bem.


Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres