Terça-feira, 12 de Agosto de 2008
Tarefa urgente: criar um código deontológico do assaltante

A Helena Matos pergunta se “ninguém é responsabilizado por levar uma criança para um assalto”. Não satisfeita em colocar as forças policiais de um Estado de direito no mesmo plano que delinquentes que roubam meia dúzia de patacos, Helena Matos parte do princípio de que é legitimo utilizar uma arma de fogo para parar um assalto que não coloca ninguém em risco. Mais a mais quando omite, deliberadamente, que existe um lugar para se responsabilizar os pais da criança. Chama-se tribunal. É lá que se deve fazer justiça, não é com a desproporcionada utilização das balas dos agentes da GNR. Os mesmos que, como é costume, já mudaram duas vezes a versão dos factos.


Mas fica o desafio para um debate interessante. Delimitar e estabelecer os critérios éticos que devem ser seguidos pelos assaltantes. Pode ser que eles ouçam.



publicado por Pedro Sales às 19:02
link do post | comentar |

Comentários:
De Pereira da Silva a 14 de Agosto de 2008 às 18:46
O Código já existe
Pode nem sempre ser aplicado, mas já existe uma espécie de código deontológico do assaltante.
Não creio que tivessem destinado assaltar a velha vacaria e roubar os ferros que lá estavam. Passaram por lá, viram-no e não resistiram: pararam e meteram-no no furgão. Não era grande a quantidade e, quanto a mim, talvez nem merecesse a actuação que a GNR montou em sua honra.
A criança esteve lá por acaso. Se não tivessem visto o tal ferro velho, não teriam parado e não teria acontecido a morte sempre deplorável da criança.
Conheço bastantes ciganos e sei que respeitam muito as suas crianças, sendo por vezes fanáticos nas atitudes que tomam em sua defesa.
Penso que mais uma vez se tratou de precipitação da sempre prestimosa GNR.


De salamandra a 5 de Setembro de 2008 às 22:52
Pereira da Silva: não tens noção nenhuma do mundo em que vives . . .
ACORDA !!! (acho que ainda vais a tempo) <

PS: Toda a gente acha que sabe fazer o serviço de policia, tão bem ou melhor que os próprios . Até parece que o país tá cheio de Policias. Devia-se avisar o Min . da Adm . Interna que afinal não é necessário fazer mais cursos da PSP e GNR, isto tá cheio de de bófias!!!


Comentar post

Zero TV
ZERO DE CONDUTA
Filipe Calvão

José Neves

Pedro Sales

Vasco Carvalho


zeroconduta [a] gmail.com
Indecisão 2008
Subscreva
Zero links
arquivos

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Feeds