De Jeronimo a 31 de Julho de 2008 às 18:59
A AutoEuropa é portuguesa ? Os carros aí produzidos são portugueses ? O que interessa se o computador é ou não português ? O que interessa é que passamos a produzir, com a possibilidade de exportar, equipamentos com muito mais valor acrescentado que sapatos e rolhas.
Já agora, gostava de saber quantas das "tangas" têm origem oficial ou são apenas reflexo de uma comunicação social precipitada, mas preparada e sempre à procura do bombástico.


De Pedro Sales a 31 de Julho de 2008 às 19:46
A forma como uma iniciativa é apresentada tem a sua importância. Mais a mais quando se falava na construção de uma nova fábrica da Intel, garantindo 1000 postos de trabalho, e nada disso é verdade.

Há muito tempo que são montados, e não produzidos, computadores em Portugal. Não há, de resto, nenhumas garantias que este computador venha a ser exportado. A ser, no máximo será para os Palop. Muito longe dos 4 milhões anunciados. Veremos.


Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres