De Isuf a 17 de Julho de 2008 às 21:59
De facto é uma fálica, mas é igualmente um enorme equivoco tentar justificar a actual situação do ensino em Portugal fazendo o contraponto com o elitismo do 24 de Abril.


De Pedro Sales a 18 de Julho de 2008 às 15:21
Eu não defendo o actual estado do sistema educativo. Se reparar no post anterior, e nem lhe peço que tenha lido os restantes, reconheço a existência de erros. bastantes, até. Mas o principal problema é o atraso gigantesco que o país tem que encurtar numa matéria que, sendo cultural , demora gerações. No início do século XX, os países do norte da Europa já tinham praticamente erradicado o analfabetismo, algo que nós só conseguimos há meia dúzia de anos. A maioria dos alunos que se encontra actualmente na escola, quando chega ao 9.º ano tem um nível de escolaridade superior ao dos pais. Em casa não têm livros nem hábitos de leitura. Não existem métodos de estudo. Pedir que se resolva tudo de um dia para o outro é irresponsável. Têm sido cometidos erros? Claro. Mas não vale a pena mandar fora o bébé com a água do banho.


Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres