Comentários:
De TT a 19 de Julho de 2008 às 20:20
1. Sistemas paralelos a partir do 9º ano: concordo inteiramente. Os alunos que desejassem prosseguir os estudos para o secundário profissionalizante fariam um exame mais fácil.
2. Aumentar a exigência nos vários níveis de ensino, com exames finais de ciclo às principais disciplinas e, ao mesmo tempo, generalizar as "passagens administrativas": termina a mentira que é subir artificialmente as notas dos alunos que se querem passar e mantém-se o estímulo de exigência e de verdade sobre todos os alunos.


De Manuel Leão a 21 de Julho de 2008 às 16:09
Pela parte que me toca, sei distinguir entre o que o Senhor jpt propõe e as imbecilidades de MFM .

Sistema paralelo a partir do 9º ano, porque não? Principalmente se for escolhido por consenso entre o educando e os pais ou encarregados da educação.

Embora um Curso Superior seja sempre desejável, há alunos que não manifestam esse interesse e, por outro lado, há muitos desempregados com cursos superiores, o que, num país como o nosso, parece um contra senso. Há pessoas à procura de trabalho que escondem ter curso superior, porque se torna contraproducente. Surrealismo puro!


Comentar post