Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Zero de Conduta

Zero de Conduta

14
Abr08

Os gordos que paguem a crise

Pedro Sales

Alegando que o peso médio dos cidadãos cresceu 10% nos últimos 30 anos, o governo japonês vai obrigar as empresas a diminuir em 10% a percentagem dos trabalhadores com excesso de peso até 2012 e 25% até 2015. As empresas que não cumprirem essa meta serão penalizadas fiscalmente, contribuindo com uma taxa extra para suportar as despesas com o sistema de saúde. Já era de esperar que, sempre em nome da saúde pública, qualquer governo viesse com um disparate destes, mas não deixa de ser irónico que tenha sido precisamente no país que reverencia como semi-deuses atletas com centenas de quilos e monstruosas percentagens  de gordura que se tivessem lembrado de condenar ao desemprego quem engordou mais do que o ministério da saúde considera aceitável. Para levar a coisa a sério, espera-se agora que também retirem o subsídio de desemprego aos obesos. Estar parado, e a viver dos rendimentos, também engorda. E engordar fica caro ao Estado. São uns parasitas, estes gordos, é o que é...

1 comentário

Comentar:

CorretorMais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

ZERO DE CONDUTA

Filipe Calvão

José Neves

Pedro Sales

Vasco Carvalho


zeroconduta [a] gmail.com

Arquivo

  1. 2008
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2007
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D