De IF a 11 de Março de 2008 às 10:46
Concordo totalmente. Em 2002 estagiei no "Público" em Lisboa e já nessa altura se sentia um grande hiato entre o director, José Manuel Fernandes, que era acusado, à boca pequena, de impôr os interesses da administração em desfavor dos direitos dos jornalistas.

Um esvaziamento de conteúdos e o decair da qualidade de escrita e de análise tem-se acentuado nos últimos anos. O Público é agora um espaço vazio que serve (principalmente) para publicitar e ampliar as opiniões (discutíveis e por vezes eticamente displicentes) do seu director.

Tenho pena. Cresci a ler o "Publico" e foi sempre o meu jornal de referência. Estagiar lá em 2002 foi uma sorte para mim, porque pude trabalhar lá antes de o jornal atingir o seu crepúsculo...


Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres