Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Zero de Conduta

Zero de Conduta

03
Mar08

Reservado o direito de admissão

Pedro Sales

Para todos aqueles que defendem o cheque-ensino, e a divulgação em bruto dos rankings dos exames, talvez valha a pena passar os olhos pela notícia que ontem tinha honras de capa no Guardian. Na Inglaterra, as "escolas religiosas escolhem os alunos mais ricos", preferindo os filhos de famílias de classe média e deixando de parte os alunos com necessidades educativas especiais. E porquê? Para melhorar a sua posição no ranking. Como é evidente, conjugar os resultados dos rankings com escolas privadas financiadas pelo Estado, resulta na selecção social dos alunos e num ensino mais orientado para os resultados estatísticos do que para a qualidade das aprendizagens. 

3 comentários

  • Sem imagem de perfil

    Chumbo 06.03.2008

    Garanto-lhe que vão, por duas razões:
    - Os melhores chegarão mais longe se não andarem acorrentados aos piores.
    - Os encarregados de educação dos piores começam a perceber que se não trabalham a sério, não há lugar para os seus filhos.

    Não acredito em burros; acredito apenas em preguiçosos.
    E repugna-me qualquer discussão que pretenda estabelecer relações entre níveis de riqueza e desempenho escolar.

    Pedro Andrade
  • Sem imagem de perfil

    Miguel Madeira 06.03.2008

    "- Os melhores chegarão mais longe se não andarem acorrentados aos piores."

    Penso que o principal problema dos melhores alunos não são colegas pouco inteligentes, são professores pouco inteligentes (http://ventosueste.blogspot.com/2006/06/o-professor-sabe-o-aluno-no.html), e esse mantêm-se


    "- Os encarregados de educação dos piores começam a perceber que se não trabalham a sério, não há lugar para os seus filhos."

    Aí temos um potencial efeito duplo - por um lado, isso aumenta o incentivo para os pais dos maus alunos pressioná-los para ser bons alunos; mas, por outro, em principio reduz ainda mais o desempenho dos maus alunos que só vão para más escolas.

    É verdade que eu não posso dizer qual dos efeitos predominará, mas o "Chumbo" também não.
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    ZERO DE CONDUTA

    Filipe Calvão

    José Neves

    Pedro Sales

    Vasco Carvalho


    zeroconduta [a] gmail.com

    Arquivo

    1. 2008
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2007
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D