Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Zero de Conduta

Zero de Conduta

03
Out07

Estabilizar, estabilizou, não foi é num lugar muito apetecível

Pedro Sales
Pela primeira vez, em 20 anos, a taxa de desemprego no nosso país é superior à registada em Espanha. Temos a terceira maior taxa de desemprego da zona euro. Pior, ao contrário dos restantes países, o número de desempregados não pára de aumentar, estando já nos 8,3 por cento, quando há um ano não passava dos 7,5 por cento.

A reacção do governo não podia ser mais significativa. O ministro Vieira da Silva desvaloriza os números do Eurostat e considera que "o desemprego está estabilizado, e esperamos que com o crescimento da economia possamos começar a inverter a situação”. Enquanto Viera da Silva desvaloriza, Silva Pereira entende que o assunto não merece resposta e Manuel Pinho esgueira-se dos jornalistas, entrando de supetão no seu carro para evitar responder a questões mais incómodas, como tentar perceber onde é que estão os 150 mil postos de trabalho de que o PS falava há dois anos, em plena campanha eleitoral.

Onde é que já se viu, realmente, incomodar o ministro da economia com os números do desemprego? Ainda se fosse sobre a memória da placa gráfica e a velocidade do processador daqueles computadores fantásticos que andou a distribuir pelo país. Isso sim, é trabalho com dignidade ministerial. O desemprego há de continuar “estabilizado”, não há razão para alarme, que o engenheiro sabe o que faz. Para já, continua a restringir o nível de investimento público. Os resultados, como se vê, têm sido fantásticos.

1 comentário

Comentar:

CorretorMais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

ZERO DE CONDUTA

Filipe Calvão

José Neves

Pedro Sales

Vasco Carvalho


zeroconduta [a] gmail.com

Arquivo

  1. 2008
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2007
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D