Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Zero de Conduta

Zero de Conduta

14
Nov07

Showoff Menezes

Pedro Sales
Durante mais de dois anos, nos vários espaços de opinião de que dispunha, Luís Filipe Menezes nunca se preocupou em contestar as opções politicas de José Sócrates. A sua oposição era a Marques Mendes. Uma a uma, todas as posições do então líder do PSD foram sendo contestadas por Menezes. Foi assim com a Ota, TGV ou o encerramento de maternidades. O livrinho com as colunas de opinião assinadas por Menezes é o melhor aliado do Governo, como Santos Silva já demonstrou no debate do Orçamento. É por isso mesmo que Menezes se tem entretido, desde que está à frente do maior partido da oposição, em propor pactos de regime para tudo o que mexe e pronunciar-se ao lado das questões de fundo nos dossiers mais polémicos - como é o caso do novo aeroporto.

Menezes precisa de uma nova agenda. Na que tem ramificações nas decisões políticas dos últimos dois anos está demasiado colado às posições do PS. É a essa luz que a eternidade que demorou a perceber a importância política da concessão das Estradas de Portugal, e as possibilidades que esta abre para a desorçamentação das contas ou à cobrança de portagens na rede rodoviária, são um mau sinal sobre a sua capacidade de fazer oposição ao governo. Era a oportunidade que tinha para se opor ao partido socialista numa das raras matéria em que não existe nenhum artigo a comprometer as suas posições. Já nem se fala das propostas, que ainda não se conhece nenhuma do PSD ao Orçamento de Estado. Como disse Marcelo Rebelo de Sousa na sua coluna do SOL, um a um, o Grupo Parlamentar do PSD deixou escapar todos os temas importantes do Orçamento para os três partidos mais pequenos. Para lá do showoff Santana, o saldo não foi brilhante. Mas, cá fora, o treinador de bancada que dirige os destinos do partido laranja também não esteve melhor.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

ZERO DE CONDUTA

Filipe Calvão

José Neves

Pedro Sales

Vasco Carvalho


zeroconduta [a] gmail.com

Arquivo

  1. 2008
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2007
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D