De Paulo Mouta a 21 de Outubro de 2007 às 03:00
Caro Lino, nada contra. É evidente que tem de ser assim. O governo foi eleito para governar e é esse o seu papel não devendo ceder a pressões. De acordo. Contudo o governo foi eleito com um programa e está a realizar outro completamente diferente. E isso é pertinente pois se ele tivesse dito desde o início quais eram os seus planos e não tivesse mentido provavelmente não teria sido eleito, ou pelo menos da forma que foi. Ok, foram circunstâncias especiais. Mas nesse aspecto nada contra. Nas eleições é que vamos ver a real situação do contentamento ou descontentamento das pessoas em relação à prática deste governo. Mas mais uma vez concordo consigo não podem ser os sindicatos a mandar. E todos sabemos que isto não é efectivamente assim. O governo tem de governar porque foi eleito para tal. Quem não foram eleitas para governar foram as confederações patronais e no entanto elas, ao contrário dos sindicatos, condicionam e pressionam a governação.


Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres