Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Zero de Conduta

Zero de Conduta

14
Ago07

É cada vez mais difícil ser promotor imobiliário em Havana (take 2)

Pedro Sales
A Sonae Sierra e a ING Real Estate venderam 50% das Torres do Colombo à parceria Iberdrola Inmobiliaria/Caixa Geral de Depósitos (CGD), por 12 milhões de euros, ficando a empresa imobiliária da eléctrica espanhola com 25% deste projecto de escritórios em Lisboa e o banco português com os outros 25%.

Vejamos. A mesma Sonae que exige, em tribunal, 71 milhões de euros à Câmara Municipal de Lisboa como indemnização pelos alegados lucros cessantes causados pelo atraso na autorização desta obra, avaliou o valor das torres em 24 milhões de euros. Restam duas leituras. Ou os administradores da Sonae são tolos e deixaram-se roubar de forma infantil pela Iberdrola, ou tomam os outros por tolos e querem roubar os lisboetas de forma infantil. Cada um que faça a sua leitura.

1 comentário

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

ZERO DE CONDUTA

Filipe Calvão

José Neves

Pedro Sales

Vasco Carvalho


zeroconduta [a] gmail.com

Arquivo

  1. 2008
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2007
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D