Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Zero de Conduta

Zero de Conduta

03
Fev08

Workaolic II

Pedro Sales
Parece que o Departamento Central de Investigação e de Acção Penal (DCIAP) vai investigar os meandros da não devolução ao Estado do edifício onde funciona o Casino de Lisboa. Estranho é que o assunto tenha que ser investigado criminalmente. Num país normal, e com um governo normal, a primeira coisa que o partido socialista teria feito era revogar os despachos de Telmo Correia que não fossem simples actos de gestão – o que não é, manifestamente, o caso. Mas esta fúria legislativa, que se parece apossar dos governantes nos últimos instantes antes de correrem as cortinas do ministério, é uma história que vem de longe. Basta lembrar que o ruinoso contrato para a administração do Hospital Amadora-Sintra, cujas contas não são validadas vai para seis anos e que já custou ao Estado mais de 70 milhões de euros, foi assinado pelo ministro Arlindo Carvalho, do PSD, 9 dias depois da primeira vitória de António Guterres. Na altura, como agora, ninguém no Governo se lembrou de ver se o acordo defendia os interesses públicos e se acautelava mecanismos transparentes de controlo das despesas invocadas pela administração hospitalar. O resultado é o que se sabe. Sempre seria engraçado saber o que é que a actual ministra da Saúde pensa dessa omissão de Maria de Belém.

2 comentários

Comentar post

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

ZERO DE CONDUTA

Filipe Calvão

José Neves

Pedro Sales

Vasco Carvalho


zeroconduta [a] gmail.com

Arquivo

  1. 2008
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2007
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D