Comentários:
De L. Rodrigues a 2 de Janeiro de 2008 às 15:31
E Menezes a falar no "estado possível" como se o Estado fosse um luxo, provavelmente insustentável...


De JV a 2 de Janeiro de 2008 às 15:22
Não é por maldade que Pacheco diz estas coisas. É mais ignorância. Ou melhor, é não ter capacidade para perceber que quem constrói o futuro somos nós. Como se tudo fossem fatalidades!!


De Anónimo a 2 de Janeiro de 2008 às 14:57
Eu propunha que se começasse por cortar o salário de Pacheco Pereira. Diz que dá aulas não sei onde mas não conheço ninguém que tenha sido seu aluno. Um parasita que vive de não fazer nenhum. Se me adiantassem dinheiro para fazer biografias e até a ele eu biografava.


Comentar post