Comentários:
De Rui Vasco Neto a 27 de Novembro de 2007 às 17:41
caro pedro,

belíssimo post.
bebi aqui, para escrever o que me parece lhe irá interessar.
afinal, visto por dentro é assim

http://setevidascomoosgatos.blogspot.com/2007/11/morte-das-vidas-reais.html

abraço


De Anónimo a 24 de Novembro de 2007 às 21:31
Para mim, é igualmente triste e revoltante ler no Expresso deste sábado que certa menina alvo de disputa paternal soube através da televisão com quem é que ia passar o ano novo. É nojento como se destroem vidas para entertenimento alheio. Não sei de quem. A mim só me entristece profundamente.


Comentar post