Comentários:
De Paulo Mouta a 22 de Dezembro de 2007 às 02:04
É óbvio que existem sólidos fundamentos teóricos. Mais algo em que as empresas poderiam competir entre si para vermos qual a que consegue pagar pior.

Esta solução liberal é a mesma que torna tão apetitoso o facto de muitos preferirem o desemprego ao emprego, e o subsídio ao salário. Ao permitirmos a livre contratação inclusivamente não restringindo por um mínimo a questão salarial estamos justamente a desincentivar o trabalho e a imputar as consequências disso ao estado que tem de sustentar as vítimas deste disparate liberal.

E depois estes mesmos senhores vêm anunciar que a segurança social está falida a curto prazo. A mim parece-me um ciclo vicioso sempre a favorecer os mesmos e cujas vítimas são também sempre os mesmos, ou seja, os outros...


Comentar post