Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Zero de Conduta

Zero de Conduta

11
Fev08

SIM

Pedro Sales
Faz hoje um ano que os portugueses votaram “Sim” à despenalização do aborto. Fizeram-no depois de serem bombardeados com a propaganda do costume: vinha aí o aborto livre e a irresponsabilidade congénita das pessoas ia tratar do resto. Como é normal, nada disso aconteceu. A lei começou a ser cumprida, sem sobressaltos e nenhuma agitação. Mais, os números provam que o número de abortos tem sido bem menor do que se poderia prever, com a vantagem de ser prestado em condições de saúde pública e sem a humilhação inquisitorial que perseguia as mulheres. De resto, o gráfico que aqui se mostra é esclarecedor sobre o tipo de companhia que deixámos para trás há um ano. A modernidade passou por aqui. Agora, venha o resto...

4 comentários

Comentar post

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

ZERO DE CONDUTA

Filipe Calvão

José Neves

Pedro Sales

Vasco Carvalho


zeroconduta [a] gmail.com

Arquivo

  1. 2008
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2007
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D