De Paulo Mouta a 2 de Dezembro de 2007 às 03:41
Embora concordando com as análises do Pedro Sales num plano geral tenho apenas um reparo a fazer. Menezes enquanto presidente do município de Gaia não pode ser visto de uma forma assim tão simplista. É que temos de verificar os números também daquilo que vai ser em muito pouco tempo uma enorme fonte de receita para este município. Gaia hoje está a anos-luz do que estava na anterior gestão autárquica ruinosa do PS. Como o Pedro diz, é a segunda autarquia mais endividada, contudo devemos contar o crescimento populacional. O número e a qualidade de projectos urbanisticos aprovados e em desenvolvimento torna Gaia, não na margem sul do Porto, mas certamente que será em poucos anos o centro desta região.
Não pretendo com estas palavras fazer o elogio de Menezes, mas é bom termos presentes os aspectos que o podem favorecer, pelo menos junto da população que o conhece, enquanto autarca.
De resto a nível da política nacional todos sabemos que PS e PSD são dois tentáculos do mesmo polvo, independentemente dos lideres. No seguimento do que diz o José Manuel Faria, gostava de ver uma esquerda, convergente e unida (mesmo que não formalmente). Infelizmente não está num horizonte próximo. primeiro têm de desaparecer alguns velhos fantasmas.


Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres