Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Zero de Conduta

Zero de Conduta

18
Mar08

O soporífero inglês

Pedro Sales
Anthony Minghella morreu ontem, aos 54 anos. No breve obituário que lhe dedica, a generalidade da imprensa recorda-o como o realizador do Paciente Inglês. Como se não fosse suficientemente trágico morrer tão novo, associar alguém, na hora da morte, a um filme como o Paciente Inglês é uma patifaria que não se deseja ao nosso pior inimigo. O  filme é tão mau que nem a Juliete Binoche o salva, e isso é bastante revelador sobre o carácter soporífero da história. O único contributo relevante do filme foi ter originado um dos melhores momentos do Seinfeld. O que também é revelador sobre a qualidade do sketch que aqui se recorda. É a mais sentida e sincera homenagem que posso dedicar a Anthony Minghella
18
Mar08

A mão invisível está com cãibras I

Pedro Sales
Estranhamente, e quando a questão já não é saber se estamos em recessão mas perceber a natureza da sua dimensão, a blogosfera liberal em peso está calada ou a assobiar para o lado. Compreende-se. Afinal, tanto latim a tentar explicar-nos os mecanismos infalíveis da mão invisível e, quando as coisas começam a dar para o torto, lá tem que ser o dinheiro público a intervir e a nacionalizar as perdas dos lucros privados. Isto tem dias que mais vale estar calado.

Só para se perceber as consequências de um mercado desregulado, e a casmurrice de andar a tentar negar a crise há mais de sete meses, vale a pena lembrar que a Reserva Federal dos EUA injectou 30 mil milhões de dólares para assumir os riscos do crédito de maior risco do Bear Strearns. No rescaldo do furacão Katrina, emprestou 10,5 mil milhões para acudir aos problemas humanitários. Prioridades...
18
Mar08

Palhaço, eu?

Pedro Sales

"Há aqui uns bastardos na comunicação social do Continente. Digo bastardos para não ter que lhes chamar filhos da puta...” Alberto João Jardim

Talvez consciente do simbolismo da data, o Governo regional da Madeira anunciou ontem a condenação de Daniel Oliveira a pagar 2000 euros a Alberto João Jardim. O processo tem a ver com este artigo de opinião em que, respondendo às elegantes declarações do inimputável da Madeira que acima se reproduzem, Daniel Oliveira chamou “palhaço” ao presidente da Região Autónoma.

E depois ainda há quem diga que os tribunais são conservadores e pouco atentos às mudanças que se verificam na sociedade. Nada mais injusto. Repare-se como, na Madeira, a profissão circense se encontra completamente desacreditada e as actividades profissionais da indústria do sexo são tidas numa consideração digna de destaque. Deve ser da lei da oferta e da procura. Como a palhaçada dura há 30 anos, é compreensível o incómodo quando alguém chama a atenção para as raízes da efeméride.
18
Mar08

Tibete

Pedro Sales

O regime chinês é o pior de todos os sistemas, mesmo contando com todos os outros. Conjugando os piores defeitos do capitalismo com os dos regimes comunistas, a China goza da benevolência internacional só permitida a um gigante que garante os produtos baratos que mantêm a inflação controlada nestes tempos em que o petróleo se compra a preços de caviar. Perante a repressão indiscriminada e o bloqueio total da informação a partir do Tibete, a ONU pede contenção na repressão e os EUA pedem aos dois lados (!) para parar a violência.Está certo, os bons negócios são sempre entre amigos.

Concentração e vigília em frente à embaixada chinesa, 4ª feira, 19 de Março, a partir das 18.30 (R. São Caetano, 2, Lisboa, à Lapa)
17
Mar08

Relatório minoritário

Pedro Sales

As autoridades policiais britânicas pretendem recolher amostras de ADN dos alunos do 1.º ciclo cujo comportamento indique que podem vir a ser criminosos. "Quanto mais novos melhor", defende Gary Pugh, afirmando que as amostras devem ser recolhidas logo aos cinco anos. Uma medida "preventiva", diz o director forense da Scotland Yard, que defende esta aproximação "minimalista" devido às dificuldades logísticas e de custos inerentes à fichagem do código genético de todos os cidadãos. Não sendo possível esse sonho de qualquer ditador das mais conhecidas distopias literárias do século XX, a polícia britânica pretende que os professores denunciem os meninos mais predispostos a roubar o chupa-chupa do colega.

Curioso, é que o também porta-voz da associação de oficiais da polícia, reconhece os mais que evidentes problemas de estigmatização social, consentimento dos pais e do papel dos professores na identificação dos criminosos de fraldas. Só que, para uma polícia que já tem as amostras ADN de 4,5 milhões de cidadãos, os avanços no combate à criminalidade compensam essas minudências éticas. O que vale é que, neste admirável mundo novo, há sempre um qualquer benefício para justificar a caminhada para um Estado policial cada mais apertado e tecnologicamente evoluído.
17
Mar08

Partido Somague Democrata

Pedro Sales

Na mesma intervenção em que se queixou dos condicionalismos políticos impostos pelo peso do Estado, que se propõe desmantelar em seis meses, Luís Filipe Menezes defendeu o fim do pagamento das quotas no PSD, tornando o partido totalmente dependente da subvenção estatal. Ou isso, ou dos contributos de empresas que o mesmo também defende...e que tão bom resultado já deu no PSD. 

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

ZERO DE CONDUTA

Filipe Calvão

José Neves

Pedro Sales

Vasco Carvalho


zeroconduta [a] gmail.com

Arquivo

  1. 2008
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2007
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D