Terça-feira, 18 de Março de 2008
O soporífero inglês
Anthony Minghella morreu ontem, aos 54 anos. No breve obituário que lhe dedica, a generalidade da imprensa recorda-o como o realizador do Paciente Inglês. Como se não fosse suficientemente trágico morrer tão novo, associar alguém, na hora da morte, a um filme como o Paciente Inglês é uma patifaria que não se deseja ao nosso pior inimigo. O  filme é tão mau que nem a Juliete Binoche o salva, e isso é bastante revelador sobre o carácter soporífero da história. O único contributo relevante do filme foi ter originado um dos melhores momentos do Seinfeld. O que também é revelador sobre a qualidade do sketch que aqui se recorda. É a mais sentida e sincera homenagem que posso dedicar a Anthony Minghella

publicado por Pedro Sales às 23:32
link do post | comentar | ver comentários (9) |

Segunda-feira, 5 de Novembro de 2007
Sendo jogadores do Jaime Pacheco, talvez a Prosegur esteja interessada
Os jogadores do Boavista vão ser colocados à venda pelas Finanças, devido a uma penhora por incumprimento das obrigações fiscais do clube. A notícia é avançada pelo semanário Sol na sua edição online.

publicado por Pedro Sales às 10:28
link do post | comentar |

Quarta-feira, 12 de Setembro de 2007
Vergonhoso
Miguel Barreira/AP
Como se já não bastasse a justíssima fama de arruaceiros que têm os jogadores da selecção nacional de futebol, agora também temos um treinador que agride, ao soco, os adversários. Vergonhoso não é empatar. Da forma como a equipa está a jogar, até foi uma sorte. Vergonhoso é não aceitar a mediocridade, e falta de ambição, do futebol praticado e implicar com o primeiro jogador que se encontra pela frente. Daqui a uns minutos deve ser a conferência de imprensa. Ou muito me engano ou ainda vai sobrar para o árbitro.

Actualização: Não há nada mais previsível que o futebol português. Sete minutos depois de escrever, lá apareceu o Scolari a criticar o árbitro pelo resultado."É muito sábio esse árbitro", ou "devem chamar a atenção ao Platini" sobre a arbitragem, foram apenas algumas das pérolas ouvidas. A agressão, claro, também foi culpa do homem do apito. "O jogador que diga se lhe toquei num único cabelinho", desafiou. Mas não é muito redutor culpar a arbitragem, pergunta o jornalista? "Não, não, a culpa é minha", resmunga, visivelmente desagradado com a perguntas, e vira as costas.

publicado por Pedro Sales às 23:00
link do post | comentar | ver comentários (15) |

Sábado, 11 de Agosto de 2007
Another one bites the dust

Joy Division, Love will tear us apart, 1980

Intelectual Anarco Capitalista. Seria uma denominação ridícula se não tivesse descoberto os Joy Division, fundado a Factory Records, sido o primeiro a passar Sex Pistols na TV e o centro da cena de Madchester (bem documentado em 24 Hour Party People). Tony Wilson morreu de cancro, sem dinheiro para pagar a medicação que lhe receitaram porque o venerável NHS do Reino de Sua Majestade só comparticipava esta medicação num número limitado de zonas de códigos postais e o dele, infelizmente, não tinha sido eleito no sorteio.

A historieta seria apenas mais uma ilustração macabra de dois pontos maiores: i) o falhanço da eterna reforma do NHS, (mais uma) culpa à qual Blair não pode escapar (apesar de todo o spin) e ii) o desrespeito com que os Estados modernos tratam os seus cidadãos com cancro. São caros, têm poucas probabilidades de sobreviver e a ciência é cara e complexa. Ou seja, são os primeiros a abater (quase literalmente) na busca cega do 'menos e melhor Estado'.

Mas Tony Wilson era muito mais que uma historieta.

PS: In other news, Keith Richards veio admitir que sim, snifou as cinzas do pai. O pessoal é que tinha feito confusão: ele tinha dito que o snifou como se fosse coca, não com coca... Ah, pois, assim a história já faz sentido. Acho que a Disney já o pode receber de volta.

publicado por Vasco Carvalho às 05:20
link do post | comentar |

Quarta-feira, 1 de Agosto de 2007
Morreu na contramão atrapalhando o tráfego


e flutuou no ar como se fosse um príncipe.

publicado por Vasco Carvalho às 22:57
link do post | comentar |

Segunda-feira, 30 de Julho de 2007
The day movies died

Persona, 1966

Morreu Ingmar Bergman.


publicado por Vasco Carvalho às 18:18
link do post | comentar |

Segunda-feira, 23 de Julho de 2007
Em Directo do Futuro


Imagens do próximo Congresso Nacional do PSD, via Poetv

publicado por Vasco Carvalho às 16:28
link do post | comentar | ver comentários (1) |

Domingo, 22 de Julho de 2007
Obituários: Série Grandes Portugueses



É com assaz pesar que o Zero de Conduta se detém e se curva perante a memória de Maria Teresinha Gomes, a Generala.

Aos anos que buscava esta referência: cá por casa, ninguém acreditava na história mirabolante e já me perguntava se não estaria eu a inventar esta figura. É real afinal. É Portugal, Olívia. Obrigado ao Renas e Veados.

publicado por Vasco Carvalho às 19:56
link do post | comentar |

Sexta-feira, 20 de Julho de 2007
Def Poetry

Come on and bring on the reparations.

Sekou Sundiata (e aqui).
Morreu esta semana.

publicado por Vasco Carvalho às 17:29
link do post | comentar |

Zero TV
ZERO DE CONDUTA
Filipe Calvão

José Neves

Pedro Sales

Vasco Carvalho


zeroconduta [a] gmail.com
Indecisão 2008
Subscreva
Zero links
arquivos

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Feeds