Domingo, 10 de Fevereiro de 2008
Um trabalho de Hércules
De acordo com o Expresso, Luís Filipe Menezes vai esperar pelo início de 2009 para começar a apresentar propostas alternativas às políticas do Governo. Curioso. O mesmo homem que pretende desmantelar o Estado em seis meses, precisa de quase um ano e meio para apresentar uma ideia nova. Está certo. Olhando para o partido laranja, percebe-se que é muito mais complicado reformar o PSD do que o Estado.

publicado por Pedro Sales às 07:53
link do post | comentar | ver comentários (1) |

Domingo, 3 de Fevereiro de 2008
O legado de Menezes
Ressuscitar e credibilizar a imagem pública de Santana Lopes.

publicado por Pedro Sales às 16:25
link do post | comentar |

Quinta-feira, 17 de Janeiro de 2008
O silêncio é a alma do negócio
Sem direcção e sem médicos, o Hospital de Faro vive dias complicados, sendo comuns as imagens de macas nos corredores com idosos desamparados. Luís Filipe Menezes entendeu ir visitar o Hospital para se inteirar da situação, mas recusou pronunciar-se sobre o que viu. "Estamos numa zona muito importante para a economia portuguesa e se der ênfase aos problemas estou a contribuir para que os que são contra o Turismo do Algarve façam campanha contra ele". Ora, bem visto. Os inimigos do Algarve são poderosos e estão à espreita de todos os deslizes. Ao pé de Menezes, e das suas teorias da conspiração, o mundo do futebol tem um discurso elaborado e intelectualmente estimulante. Desgraçados daqueles que tenham o azar de viver numa zona turística. Não há bombeiros, centro de saúde ou escolas? Azar. O maior partido da oposição está calado porque isso pode prejudicar o negócio.

publicado por Pedro Sales às 15:35
link do post | comentar | ver comentários (4) |

Quarta-feira, 16 de Janeiro de 2008
Arranja-lhes um emprego...

Depois de andar a ver se arranjava um emprego a Cadilhe na Caixa Geral de Depósitos, Luís Filipe Menezes propôs ontem a entrada de dois comentadores para a RTP e para a Sic Notícias. Numa clara demonstração da pobreza de espírito que o anima, dividiu a coisa entre "ortodoxos" e "independentes". Parece que o PSD tem poucos dos primeiros a falar na televisão. Uma injustiça que, como recorda Menezes, tem deixado esse génio político que dá pelo nome de Ribau Esteves fora dos ecrãs televisivos. Para o homem que se propõe acabar em seis meses com o peso do Estado na sociedade, Menezes parece muito atento e preocupado com tudo o que lhe escapa ao controlo. Aguarda-se com expectativa o dia em que Menezes aparecerá a propor os nomes para a administração da Sony Portugal, Autoeuropa, Ordem dos Médicos ou o novo treinador para o Sporting. Já nada espanta neste "novo" PSD.

publicado por Pedro Sales às 12:43
link do post | comentar | ver comentários (9) |

Zero TV
ZERO DE CONDUTA
Filipe Calvão

José Neves

Pedro Sales

Vasco Carvalho


zeroconduta [a] gmail.com
Indecisão 2008
Subscreva
Zero links
arquivos

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Feeds