Quinta-feira, 21 de Fevereiro de 2008
Isto ainda vai acabar mal, não vai?

O ministro dos Negócios Estrangeiros inglês reconheceu, pela primeira vez, a escala de dois voos para Guantanamo em território britânico. David Milband “lamentou muito” que negações anteriores deste tipo de voos, feitas “de boa-fé”, tivessem agora que ser corrigidas. O próprio primeiro-ministro, Gordon Brown, já reconheceu o erro e afirmou que “é uma infelicidade que nada disso fosse conhecido e é uma infelicidade que isso tivesse acontecido sem que o soubessemos. Importa agora encontrar mecanismos que garantam que uma situação destas nunca mais se voltará a repetir”.

Todo este terramoto tem lugar enquanto o Governo português se continua a opor a toda e qualquer investigação sobre o assunto, e, ao contrário do que sucede com as inquirições judiciais que estão a ter lugar em Espanha, continua sem se conhecer um único passo da investigação que o Ministério Público anunciou há mais de um ano. Isto tem tudo para dar para o torto.

Etiquetas: ,

publicado por Pedro Sales às 16:05
link do post | comentar | ver comentários (3) |

Zero TV
ZERO DE CONDUTA
Filipe Calvão

José Neves

Pedro Sales

Vasco Carvalho


zeroconduta [a] gmail.com
Indecisão 2008
Subscreva
Zero links
arquivos

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Feeds