De jjleiria a 4 de Setembro de 2008 às 00:37
Mesmo assim, 70 bombas de gasolina assaltadas em seis meses (segundo a SIC), dá uma média impressionantíssima de um assalto a cada 2,6 dias...

Sendo a pergunta de bolso para casa, logo a seguir, «sente-se seguro quando entra num posto de combustível?», calculo que podíamos dividir esse número por não sei quantos milhares, aplicando ainda a correcção horária, e chegar a uma conclusão lógica.

Já o Marx: a julgar pelas verbas divulgadas na peça (500 euros, 600, 1500!), a dividir geralmente por dois homens, não se pode dizer que seja grande profissão — a não ser que a imprensa só divulgue os números baixinhos, para não dar ideias... É que não sei se paga sequer o investimento nas armas.


Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres