Segunda-feira, 1 de Setembro de 2008
A quinta dos suspeitos

A mega-operação que teve lugar na Quinta da Fonte, Quinta do Mocho e bairro da Arroja não foi uma acção isolada. Segundo a PSP, desde o dia 21 de Agosto tiveram lugar nove operações semelhantes. São nove bairros cercados, com casas reviradas do avesso e onde nenhum morador entrou sem ser revistado e interrogado. Presumivelmente suspeitos, portanto, numa grosseira inversão do ónus da prova. Nove operações de "prevenção criminal", envolvendo 638 polícias, para "apreender 8 armas de fogo e 2 armas brancas".


Mesmo tendo em conta o parco pecúlio, a porta-voz da PSP congratulou-se com o sucesso da operação, não podendo ser mais clara nos seus propósitos: “O aparato (...) e a visibilidade da acção policial era um dos nossos objectivos”. Para quem ainda tinha dúvidas, fez o favor de nos esclarecer que “a PSP sente a necessidade de, através da comunicação social, ter um espaço para dizer ao cidadão, estamos presentes, estamos a actuar, estamos onde é preciso e este é o nosso trabalho”. Nada como um bom filme de acção para devolver a confiança às pessoas. Uma única dúvida. Se era para usarem um bairro como cenário, e os seus habitantes como figurantes, só espero que o cachet tenha sido justo.

 

Actualização: A edição de hoje do Diário de Notícias diz que as acções de prevenção criminal têm continuado na zona do Porto, mobilizando mais de 500 agentes nos últimos três dias. Foi apreendida uma arma branca...



publicado por Pedro Sales às 15:23
link do post | comentar |

Comentários:
De Ibn Erriq a 1 de Setembro de 2008 às 17:56
Pois é esta parece ser a única fórmula conhecida para convencer as pessoas que se está a combater a criminalidade violenta! :-(


De PALAVROSSAVRVS REX a 1 de Setembro de 2008 às 19:51
O espectáculo também resulta e dissuade. Pena que seja aparente vocação esclusiva de esses agentes e actores.

PALAVROSSAVRVS REX


De Ana Pereira a 1 de Setembro de 2008 às 20:55
Uma familia "visitada "pela PSP disse a reportagem da RTP que a policia só foi a algumas casas.Se calhar eles já sabiam mais do que aquilo que nos contam,já devem conhecer quem costuma infrigir a lei


De Salamandra a 6 de Setembro de 2008 às 16:45
É obvio que sabem sempre mais alguma coisa!!
Para se entrar dessa maneira no interior das residencias só com um mandado judicial ! Os tribunais não emitem mandados "a torto e a direito", têm que existir grandes razões para que a policia tenha autorização (judicial) para entrar.


De Salamandra a 6 de Setembro de 2008 às 16:39
Aqui temos mais um grande POST do Sr. Pedro Sales. Este tá ao nivel da nossa legislação. Uma COMÉDIA. Apetece-me rir com tanta ignorancia escrita aqui. Respeito, mas faz-me alguma confusão saber que existem pessoas que pessam desta maneira (infelizmente existem muitas, talves a grande maioria dos portugueses!). Eu só gostaria de saber se a opinião deste Sr. se mantinha, se um destes marginais que foram interceptados, não o fosse(interceptado), e tivesse apontado uma destas armas (apenas uma), á sua cabeça e tivessem "brincado" com a sua vida ou de um dos seus familiares. Note-se APENAS UMA (arma branca ou de fogo). As pessoas não têm noção do que é uma ARMA. Repito UMA arma !!!!! Apenas UMA!!!

PS: Peço desculpa á sencibilidade do Sr. Pedro Sales, por ter chamado a estes individuos de "marginais ". . . são uns coitadinhos que não têm culpa nenhuma do que fazem, dos roubos, dos furtos , dos homicidios . . . enfim uns inocentes.
Gostava de saber onde é que o Sr. Pedro Sales gostaria que fossem estas operações . . . uma vez que nos bairros sociais só vive gente de bem!!
Uma SUGESTÂO: podiam fazer uma operação destas junto á Assembleia da Republica !


Comentar post

Zero TV
ZERO DE CONDUTA
Filipe Calvão

José Neves

Pedro Sales

Vasco Carvalho


zeroconduta [a] gmail.com
Indecisão 2008
Subscreva
Zero links
arquivos

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Feeds