De Pedro a 16 de Agosto de 2008 às 22:38
Não creio que haja um único agente da autoridade em Portugal que acredita que roubar seja punível com a morte. Este discurso anti-autoridade é tão fraquinho e lamentável quanto o que tenta empolar uma aparente noção de insegurança. É tão caricatural de uma certa esquerda quanto o socio-racismo é de uma certa direita. E vem, enfim, como já provou, na mesma linha dos que vêem no Tropa de Elite um filme fascista. É a visão em túnel, a preto e branco, dos que não conhecem toda a realidade.


Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres