Domingo, 10 de Agosto de 2008
Humor, ficção e "jornalismo sério"

Num país, como os EUA, onde mais de 66% dos habitantes têm excesso de peso, os candidatos presidenciais começam a desdobrar-se em acções para captar o voto dos cidadãos obesos. Quem o diz é uma “reportagem” (que se pode ver no vídeo aqui colocado) publicada há uns meses por um dos mais conhecidos sites satíricos do mundo, The Onion.


Parecendo acreditar no lema do site humorístico, que se proclama como a melhor fonte de notícias sobre a América, o vetusto Wall Street Journal publicou há uns dias uma “notícia” semelhante sobre Barack Obama. O título não podia ser mais sugestivo: “Too fit to be president?’”. A singular constatação do jornal é que, “Perante um eleitorado com excesso de peso, a reduzida gordura corporal de Barack Obama pode vir a revelar-se uma desvantagem” para o candidato. Se a noticia já tinha todos os ingredientes para ser um disparate, as coisas pioram quando se percebe que algumas das citações usadas pela jornalista foram retiradas de um fórum de discussão do Yahoo... numa discussão iniciada pela própria repórter. O Wall Street Journal já corrigiu o artigo, indicando esse facto, mas fica cada vez mais notório como é ténue a distinção entre humor e jornalismo. Ou, se olharmos para o excelente Daily Show, até ficamos com a impressão que é em programas como os de Jon Stewart ou Stephen Colbert que encontramos as verdadeiras notícias. E mais rigorosas.

 

 

Nota: A notícia do WSJ, e o link para o fórum de discussão, foram descobertos através do Daringfireball.


Etiquetas: ,

publicado por Pedro Sales às 14:16
link do post | comentar |

Zero TV
ZERO DE CONDUTA
Filipe Calvão

José Neves

Pedro Sales

Vasco Carvalho


zeroconduta [a] gmail.com
Indecisão 2008
Subscreva
Zero links
arquivos

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Feeds