De Manuel Leão a 1 de Julho de 2008 às 16:07
Morto está. Nado morto, digo eu. E a culpa é de quem o quer fazer nas costas dos povos europeus. Morto está, sem dúvida. Quando muito, está é mal enterrado.

Só grandes interesses ou grandes "puxa-sacos" é que não querem ver isso!



Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres