Quarta-feira, 18 de Junho de 2008
Ajuste de contas

Em vez de assumir a responsabilidade pelo estado miserável em que deixou a gestão camarária da capital, o PSD insiste em usar uma maioria resultante de uma eleição sem qualquer tipo de legitimidade política para ajustar contas com o passado. Só assim se compreende que o PSD tenha feito a Assembleia Municipal de Lisboa aprovar uma moção de censura ao vereador Sá Fernandes...por causa de uma decisão do vereador Marcos Perestrello. A iniciativa, que não tem qualquer resultado prático, torna-se ainda mais caricata quando se percebe que a moção é unipessoal e não é extensível ao executivo, como manda a lei.

Mas o melhor estava guardado para o fim. Um dos motivos para a moção de censura é a presença de uma placa, alusiva ao financiador das obras de requalificação de um parque infantil, transformada pelo PSD na tentativa de “privatizar o Jardim da Estrela, entregando-o à conhecida cadeia de hipermercados Continente, mais uma vez prejudicando todos os seus utilizadores em benefício de um poderoso grupo económico”. Bem pode Ferreira Leite ganhar as directas que quiser no PSD. O seu partido provou ontem que continua agarrado a uma imagem providencial de Santana Lopes, cuja gestão ainda defende, e não hesita em usar uma maioria fraudulenta para ajustar as contas com um passado em que Sá Fernandes lhes estragou os negócios para a privatização de um espaço público que agora parecem ser os mais acérrimos defensores. Olha quem...


Etiquetas: , ,

publicado por Pedro Sales às 09:46
link do post | comentar |

Comentários:
De Nuno a 18 de Junho de 2008 às 17:03
Não acha no minimo irónico o PPD apresentar uma moção de censura contra a cedência de espaços públicos a privados? Eu acho ridiculo, incoerentes e demagógicos! Ao fim ao cabo um retrato fiel do PPD!


De Pedro Sales a 18 de Junho de 2008 às 17:10
Claro. Olha quem.


De Manuel Leão. a 22 de Junho de 2008 às 12:30
Sim, mas este Zé é muito fácil de contentar. Bastou uma coligaçãozita minoritária para paralisar o Zé. O Santana e o Carmona é que não souberam ler nas entrelinhas. Confirma-se, agora, a quem é que o Zé fazia falta!


De Marco Alberto Alves a 25 de Junho de 2008 às 13:07


O PSD é uma gangrena que, mais cedo que tarde, acabará por definhar completamente.


Comentar post

Zero TV
ZERO DE CONDUTA
Filipe Calvão

José Neves

Pedro Sales

Vasco Carvalho


zeroconduta [a] gmail.com
Indecisão 2008
Subscreva
Zero links
arquivos

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Feeds