Comentários:
De Tárique a 16 de Junho de 2008 às 10:56
Não estou tão certo que a campanha tenha sido internacional. É que este mau gosto chauvinista que pega tão bem em Portugal seria decerto muito mal visto pelos consumidores da europa civilizada. Isto a mim cheira-me a encomenda ao Bidarra, que ele é que gosta de anúncios a chamar paneleiros aos adversários, etc.


De Manuel Leão a 16 de Junho de 2008 às 13:09
Não há uma entidade reguladora para este tipo de grosserias? Não é a FIFA que, dizem, promove campanhas contra a xenofobia e o racismo? Não vou perguntar se Madail terá sido informado disso, porque, de qualquer modo, seria sempre irrelavante, como em tudo o resto!


De Tárique a 16 de Junho de 2008 às 14:56
O site desta campanha:

http://tudoportodos.blogs.sapo.pt/18908.html


De swt a 16 de Junho de 2008 às 23:22
Tem muita razão. Isto está de ir às lágrimas.
However, eu não teria tanta pena assim dos nossos vizinhos europeus... há muitos anos, num outdoor em França, anunciando um sabonete dizia:
" Não faça como os portugueses. Tome banho com o sabonete xxxxx!"
Fica assim 2-1.
Nestas coisas do futebol nem sempre nos atrapalhamos


De nm a 17 de Junho de 2008 às 12:48
pouco provável, os franceses sabem perfeitamente que tomam pouco banho e para aquelas bandas toda a gente reclama com os portugueses quando lhes alugam casas, pois gastam muita água


De Manuel Leão a 17 de Junho de 2008 às 16:17
Os franceses não são propriamente uma autoridade em banhos. Bem pelo contrário. A não ser que o o cartaz veiculasse a ideia: Poucos (banhos) mas bons.


De Jorge a 18 de Junho de 2008 às 09:41
É publicidade "chauvinista" e "xenófoba" mas não só. Para além de atentatória à boa convivência entre povos, é também discriminação dos mais idosos.
Há idosos que estão num lar que gostam da selecção. E até pode haver algum que, estando vestido com um equipamento Nike, leu esta publicidade numa revista...



De Mr. Steed a 30 de Junho de 2008 às 02:35
desculpem mas às vezes custa-me a acreditar em certas coisas. isto saiu mesmo para a rua?


Comentar post