De favores a 9 de Maio de 2008 às 01:08
Acho que este exemplo não foi grandemente conseguido , pois esta coisa das novas oportunidades foi concebida , não para dar novas oportunidades , mas sim para dar emprego ( e emprego que não se produz nada de jeito) a uns tantos licenciados , na area da formação. É lógico , nestes casos , em que se criaram empregos por decreto , ainda por cima com falsos pretextos , que a sua situação seja precária. E são pagos por todos nós , é um favor que lhes fazemos. Eram perfeitamente dispensáveis , constituem apenas mais um encargo para o contribuinte.


Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres