Quinta-feira, 6 de Março de 2008
Pobres e mal agradecidos

Anda um primeiro-ministro a calcorrear o país para "oferecer" computadores com banda larga aos professores, para os ingratos andarem agora aos milhares na net a consultar blogues e a ver vídeos contra a política educativa do governo. Alguém lhes devia explicar que o Governo gosta pouco que lhe faltem ao respeitinho.

Etiquetas:

publicado por Pedro Sales às 17:43
link do post | comentar |

Comentários:
De Lobo a 6 de Março de 2008 às 21:16
A vida tem destas ironias. Tanta propaganda às novas tecnologias e agora...

Lembra-se do Odorico Paraguassu, o prefeito de Asa Branca, da novela O Bem Amado? Aquele que queria inaugurar um cemitério à força porque isso lhe dava votos? Mandava até matar. Mas por azar o cadáver nunca podia ser "usado" lá. Resultado, a ironia da vida cumpriu-se (a ironia, por vezes, é uma espécie de destino). Odorico morreu e o cemitério foi, finalmente, inaugurado.

Há ironias deliciosas.


De Lino José a 7 de Março de 2008 às 14:30
Eu só gostava de saber porque é que milhares e milhares de portugueses que não têm rendimentos para comprar portáteis com banda larga têm de os andar a pagar a uma classe corporativa que é das mais bem pagas deste país.

Ainda por cima para, como muito bem diz, os usarem para ver blogues e vídeos (e sabe-se lá que mais...).

Realmente, é preciso ter-se uma pachorra muito grande para se ir para o governo e ter de aturar esta pandilha .


De Pierre a 8 de Março de 2008 às 01:25
Talvez porque o governo não lhes dá os mais básicos materiais para trabalhar?
Ainda deviam receber uma impressora e tinteiros para não terem de pagar do seu bolso as impressões de testes, fichas, etc.


De Ana Rita Ferreira a 7 de Março de 2008 às 16:29
Com isso Sócrates não tem que se preocupar. A "meia dúzia" de computadores que acabou por distribuir por professores (e por alunos) não chega para causar uma onda de acesso a informação contestatária.
Apesar de anunciada com a pompa e circunstância do costume, esta medida traduziu-se num flop. Só quem encomendou os ditos computadores em Setembro, os recebeu. A partir de Outibro, ficou toda a gente (professores e alunos) em lista de espera.
Questão: será sério anunciar-se uma medida deste tipo, sabendo-se à partida que não irá ser cumprida?


Comentar post

Zero TV
ZERO DE CONDUTA
Filipe Calvão

José Neves

Pedro Sales

Vasco Carvalho


zeroconduta [a] gmail.com
Indecisão 2008
Subscreva
Zero links
arquivos

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Feeds