Quarta-feira, 5 de Março de 2008
Matemática técnica

2+2=27

“O Primeiro-Ministro José Sócrates anunciou o aumento do complemento solidário para idosos de 323,5 para 400 euros”, debate no Parlamento a 30 Janeiro de 2008, no portal do Governo.

Sucede que, como explicou a edição de ontem do Jornal de Negócios, só foi possível ao primeiro-ministro anunciar um aumento para 400 euros porque o governo alterou a metodologia de cálculo, passando a dividir o valor anual do complemento por 12 mensalidades - em vez das 14  até aí em vigor. Se não misturasse propositadamente metodologias distintas na mesma frase, o acréscimo seria bem diferente: de 323 para 342 euros, ou 377,5 para 400 (se continuasse a valer a divisão por 12 meses). Não dava tanto efeito, mas era honesto. Assim, é uma chico-espertice só possível porque o primeiro-ministro sabe que, anunciando medidas de que mais ninguém conhece os valores, estudos ou impacto financeiro, abrirá os noticiários televisivos anunciando que é com “medidas concretas que atingimos o objectivo de combater a pobreza”. Depois, quando a oposição ou a imprensa descobre o truque aritmético, já é tarde e não passa de uma nota de rodapé. 
Etiquetas: ,

publicado por Pedro Sales às 15:51
link do post | comentar |

Comentários:
De Cold_cold_Bitch a 6 de Março de 2008 às 11:55
A eterna manipulação dos números... Excelente post!


De htsousa a 7 de Março de 2008 às 16:38
O título diz tudo! Muito bom post.


Comentar post

Zero TV
ZERO DE CONDUTA
Filipe Calvão

José Neves

Pedro Sales

Vasco Carvalho


zeroconduta [a] gmail.com
Indecisão 2008
Subscreva
Zero links
arquivos

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Feeds