Comentários:
De steve serigado a 4 de Março de 2008 às 07:45
Bons tempos os em que descobria os episódios do TIMTIM :)

www.codificacoes.pt.vu


De nuno magalhães a 4 de Março de 2008 às 10:46
Credo, vão obrigar o Pacheco Pereira a fazer qualquer coisa na vida? Deve ser a primeira vez que desempenha um trabalho que se veja!


De Um Video Por Dia a 4 de Março de 2008 às 11:38
Par uma ocasião especial de certeza que existia pessoas mais "relevantes para desempenhar este trabalho


De nuno magalhães a 4 de Março de 2008 às 12:23
por estas e por outras é que o correio da manhã, tirando exageros de tablóide, é melhor do que o público - um teve um ex-pr, com passado profissional, a editar e o outro trás um cronista blogueiro ainda por cima da casa. que mais valia trará a um jornal uma colaboração destas?


De Miguel Marujo a 4 de Março de 2008 às 15:14
Não discordando do essencial do tom do post, recordo-me de em tempos uma ideia semelhante ter nascido na redacção onde trabalhava (PortugalDiário): pôr Pacheco a director por um dia, para ver como responderia um crítico do "sistema" metido no "sistema". Infelizmente, a ideia nunca foi para a frente... No Público, dou o benefício da dúvida e espero para ver.


De Pedro Sales a 4 de Março de 2008 às 16:46
Exactamente, também quero ver o que faz Pacheco Pereira de diferente. Mas isso fica para amanhã, onde escreverei mais detalhadamente sobre os 18 anos do Público


De outroscaminhos a 4 de Março de 2008 às 18:24
Muitos parabéns pelo destaque :)


De DD a 4 de Março de 2008 às 21:11
O director do Público já escreve editoriais a atacar bloguistas e chamar cães-de-fila do chefe por criticar o documento da Sedes.

Temos um CENSOR-MOR na pessoa do Fernandes.

Ataquei algumas estupidezes da Sedes e fui logo censurado.
Porra?


Comentar post