Quinta-feira, 21 de Fevereiro de 2008
Português técnico

A mesma imprensa e colunistas que dedicaram dezenas de horas e páginas de jornal a discutir a entrada do Governo de José Sócrates em campanha eleitoral, discute agora o tabu da sua recandidatura sem se deter 3 segundos na contradição. Será que alguém acha que o homem está em campanha para entregar o cargo a Vitalino Canas? Sejamos sérios, o tabuzinho da recandidatura tem menos densidade intelectual que um episódio dos Morangos com Açúcar. É um "não tema", e só mereceu todo este destaque porque a entrevista de José Sócrates foi a irrelevância política da semana. Sem novidades, e sem uma justificação convincente para o que fez nos últimos 3 anos, limitou-se a debitar a matéria dada nos últimos debates no Parlamento.  Convenceu os convencidos.

publicado por Pedro Sales às 08:38
link do post | comentar |

Comentários:
De steve a 21 de Fevereiro de 2008 às 12:24
Ele tem cá uma "manha" para fugir às questoes, e sim é verdade....as respostas às questoes sao sempre as mesmas, parece que decorou o texto!

www.codificacoes.pt.vu


De Manuel Leão a 21 de Fevereiro de 2008 às 12:42
O pior da entrevista nem sequer foi o Sócrates. Foi o papel vergonhoso dos entrevistadores.

O do lacinho, Niculau Santos, está muito contente com Sócrates. Tudo o que lhe cheira a ultraliberalismo económico dá-lhe um prazer guloso.

O Ricardo Costa nem devia ter ido à entrevista. Fez algumas cócegas, mas não passou disso. Estava condicionado por ser irmão do 2º do PS. Não quis "bater" no Sócrates, para não ser acusado de tentar levar o 2º a primeiro.


De Budos a 21 de Fevereiro de 2008 às 16:21
"Convenceu os convencidos." Pedro Sales

Não é bem assim, Pedro. Não é que eu tenha ficado convencido. Mas eu não fazia ideia, por exemplo, que já se criaram quase 100 000 postos de trabalho líquidos! Quero com isto dizer que afinal a realidade é um bocadinho diferente daquilo que “Zero de Conduta, Ladrões, Arrastões,etc” pintam. É que eu já estava a ficar convencido, de tanto ler o Pedro e outros, que isto estava mesmo a afundar-se. A entrevista mudou um pouco a minha visão das coisas.


De A.Silva a 21 de Fevereiro de 2008 às 16:42
Em terra de cegos quem tem um olho é rei.A entrevista não adiantou mais do que é habitual nos debates parlamentares.Mas as considerações dos partidos da oposição,sobretudo o PSD foram uma lástima


De avaidor a 21 de Fevereiro de 2008 às 23:00
E não serão poucos!
[Error: Irreparable invalid markup ('<br [...] <a>') in entry. Owner must fix manually. Raw contents below.]

E não serão poucos! <BR><BR class=incorrect name="incorrect" <a>Até</A> porque alternativas concretas e credíveis, onde estão elas? <BR><BR>Hoje há conquilhas ( embora poucas) amanhã não sabemos. Provavelmente iriam todas para o Casino, ou para o Eleven !


De Manuel Leão a 22 de Fevereiro de 2008 às 11:18
Ainda a propósito de condicionamentos:
Hoje vi no jornal "24 horas" uma notícia que - a confirmar-se - pode ter que ver com a prestação de Ricardo Costa na entrevista. Vejamos os desenvolvimentos.


De A.Silva a 22 de Fevereiro de 2008 às 15:48
O tabloide 24 horas publica a noticia de que a esposa de Ricardo Costa terá ido trabalhar para o ministério da Saúde,mas daí a pensar que a prestação de Ricardo Costa na entrevista tem relação com este assunto,é moda do 24 horas.O Ricardo Costa já fez muitas entrevistas a politicos e não me pareceu que o seu trabalho no caso de Sócrates tenha sido muito diferente dos outros.


Comentar post

Zero TV
ZERO DE CONDUTA
Filipe Calvão

José Neves

Pedro Sales

Vasco Carvalho


zeroconduta [a] gmail.com
Indecisão 2008
Subscreva
Zero links
arquivos

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Feeds