Terça-feira, 19 de Fevereiro de 2008
Meter água

Choveram 65 mm por metro quadrado em Lisboa. Pouco mais de metade do que aconteceu nas cheias de há 40 anos, mas mesmo assim o suficiente para lançar o caos na capital e arredores. Acessos bloqueados, ruas inundadas, falhas de luz e gás. Fiel aos velhos valores nacionais, o ministro do ambiente resolveu sacudir a água do capote. Diz que a culpa é das câmaras, e até tem razão, porque o tratamento de esgotos é uma brincadeira. Mas daí até dizer que o país não tem um problema de ordenamento do território, vai a distância que separa a desresponsabilização individual do disparate sem sentido. Será que Nunes Correia é a única pessoa que ainda não se apercebeu que a desproporção entre as chuvas e o seu efeito, começa precisamente no desordenamento territorial? Em Portugal constrói-se onde se quer e apetece. Em leito de cheia, alterando a linha de água e impermeabilizando todos os solos. Se dá para injectar betão é porque se pode construir. Depois logo se vê. Uma irresponsabilidade que está longe de ser exclusiva das autarquias, mais a mais quando é este mesmo Governo que se preparar para construir a plataforma logística bem no meio do leito de cheias do Tejo. O ministro acha que não há um problema de Ordenamento? Claro que não. E este mês tem 31 dias.

PS: Algo me diz que, na primeira vez em que apareceu como protagonista, Nunes Correia traçou o seu destino político. Das câmaras afectadas pelas cheias, a única que não lhe respondeu directamente foi a de Lisboa. António Costa, que é o número dois do PS,  tem outros canais para fazer sentir o seu descontentamento. Quando é que é a próxima remodelação?

publicado por Pedro Sales às 23:00
link do post | comentar |

Comentários:
De meninadesonhos a 20 de Fevereiro de 2008 às 03:09
O governo já não sabe olhar para o país que tem..

Ordenamento territorial?? Avaliações ambientais??

O que é isso??

Faz-se o pim-pam-pum e constrói-se em qualquer lado!!

Uma auto-estrada?? Que passa no meio de um bairro??
Ah, não tem mal..os prédios vêm abaixo, a auto-estrada constrói-se e as pessoas... As pessoas que se lixem..

Cheias??!! No centro de Lisboa??
Caudais dos rios que aumentaram..

Sr. Ministros serão assim tão leigos para ocuparem essas cadeiras??

Sabem o que quer dizer imperbialização dos solos??

Pensem no que estão a fazer ao país...


De Maria Costa a 20 de Fevereiro de 2008 às 17:33
Este senhor perdeu mais umaboa oportunidade para ficar calado. Afinal de contas, ninguém sabe que ele existe. Teria sido muito mais inteligente permanecer no silêncio.
Sem dúvida, na sua primeira aparição como protagonista "traçou o seu destino".


De Filipe Tourais a 20 de Fevereiro de 2008 às 19:11
Foi do mesmo ministro que na semana passada, com sol, se soube que quer confiar a Reserva Ecológica Nacional às autarquias. A chuva muda tudo.


De José M. Sousa a 20 de Fevereiro de 2008 às 21:07
Diz-se 65 mm ou 65 litros por metro quadrado;

http://errosdenumeros.blogspot.com/2007/09/medio-da-chuva-milmetros-mm-ou-litros.html


De A. Castanho a 21 de Fevereiro de 2008 às 19:18


Tourais, quem lhe disse que o Governo quer "passar a REN" para as Autarquias mentiu-lhe.


Comentar post

Zero TV
ZERO DE CONDUTA
Filipe Calvão

José Neves

Pedro Sales

Vasco Carvalho


zeroconduta [a] gmail.com
Indecisão 2008
Subscreva
Zero links
arquivos

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Feeds