Segunda-feira, 18 de Fevereiro de 2008
Double standards
A declaração unilateral da independência do Kosovo, fomentada pelos EUA e Alemanha, é a perversa legitimação da limpeza étnica que se seguiu à entrada das forças da Nato, com a debandada de 200 mil não albaneses da região. O Kosovo não é um Estado, é um protectorado sem viabilidade económica criado com o único intuito de conter a influência russa no leste europeu. Com a particularidade de ser governado de mãos dadas com as máfias que controlam o tráfico de armas, droga e seres humanos. E agora, que a secessão étnica foi aceite como motivação independentista, e que a "independência" vai ser suportada pelos cofres europeus, com que motivo é que se pode recusar idêntico tratamento às minorias húngaras na Sérvia e Roménia, já para não falar nos bascos, irlandeses, corsos, ou nos...

publicado por Pedro Sales às 11:43
link do post | comentar |

Comentários:
De Fernando Vasconcelos a 18 de Fevereiro de 2008 às 12:42
Atenção que o argumento da viabilidade económica é um falso argumento. Quem tem de saber disso não é o próprio povo? Notem que este argumento já foi utilizado vezes sem conta para justificar a não independência de estados que hoje são indiscutíveis ... Não me parece correcta a ideia de que o Kosovo não possa de forma nenhuma ser independente tal como não me parece correcta a ideia de que TEM de ser independente a todo o custo. Faça-se um referendo e pronto. Não é isso que determina a carta das nações unidas? Ou não queremos neste caso respeitar a vontade de um conjunto de pessoas só porque achamos que não merecem ser uma nação? Referendo e pronto, senão estamos a discutir o sexo dos anjos. E sim este principio básico aplica-se a todas as regiões que queiram constituir-se em nações. Provavelmente têm mais razão do que imaginamos !


De AD a 18 de Fevereiro de 2008 às 14:50
E quem se chama a referendar? Os kosovares, hoje "homogeneizados" em mais de 90% de albaneses, depois da maior "limpeza étnica" verificada na ex-Jugoslávia? Todos os habitantes da Sérvia, a que a província do Kosovo pertencia?
A questão é que a chamada Comunidade Internacional (e, em particular, a dita UE) renega as regras que ela própria criou para legitimar a destruição da Jugoslávia e a independência croata, como a "doutrina Badinter", que só serviu enquanto os EUA a aceitou.
No Kosovo acaba de ser semeada uma nova guerra balcânica. Dentro de alguns anos ou décadas, a tragédia vai recomeçar.


De Joca a 18 de Fevereiro de 2008 às 15:15
A UE já não existe, pelo menos se tivermos em conta a "Europa dos cidadãos" que há uma década se propunha. Actualmente é uma oligarquia impiedosa e corrupta.
É triste, mas o facto é que os europeus só acordarão para a realidade quando um banho de sangue semelhante aos que se produziram na 1ª metade do século XX lhes entrar na ordem do dia. Até lá, os eurocratas vão brincando com o fogo e ganhando fortunas, tudo à custa das ilusões dos povos.


De Pedro Sales a 18 de Fevereiro de 2008 às 17:43
Fernando Vasconcelos,

E acha que esse princípio vai ser aceite pela Inglaterra, que reconheceu o Kosovo, na Irlanda do Norte, uma região que tem muito mais razões culturais e históricas para reclamar a independência?

O que ontem aconteceu foi a legitimação da limpeza étnica levada a cabo pelos albaneses nos últimos anos. Agora são a maioria. OK. E se os bairros de londes, onde os paquistaneses são maioritários, reclamassem a independência? Aceitava-se? Pois é. Abriram a caixa de Pandora no pior sítio para o fazer,


De Paulo Mouta a 21 de Fevereiro de 2008 às 02:28
Exacto. E Espanha? Qual a posição de Espanha neste assunto quando tem um em mãos há muitos anos por resolver que faz muito mais sentido?


De Marco Alberto Alves a 19 de Fevereiro de 2008 às 20:19


... madeirenses?...


De ALBINO M. a 26 de Fevereiro de 2008 às 11:23
Double standards, é? Que fino...
E isto para leitores que não sabem o que é a "duplicidade de critérios"...
Shit, já agora.


Comentar post

Zero TV
ZERO DE CONDUTA
Filipe Calvão

José Neves

Pedro Sales

Vasco Carvalho


zeroconduta [a] gmail.com
Indecisão 2008
Subscreva
Zero links
arquivos

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Feeds