Comentários:
De Chico esperto a 10 de Dezembro de 2007 às 17:18
Na realidade não conheço nenhum T0 no Porto por 220 euros.
Só se for alguma barraca na zona de Francelos. Concordo que o arredamento esteja a ser inflacionado pelos senhorios ao saberem que os arrendatários concorrem ao arrendamento jovem.
Infelizmente não acredito, e quase que tenho a certeza, que os preços dos arrendamentos não vão baixar. O jovem Zé Povinho é que se vai lixar mais uma vez. Muito bem, é uma boa ideia para poupar uns cobres que poderão ser investidos em paceatas e quem sabe mais uns carrito, que esta malta do governo é muito fina para andar de comboio ou de autocarro.
O que esta porta65 me parece, é que é um verdadeiro tiro no pé. Ora vejamos: O Chico Esperto o que irá fazer? Muito simples, acorda com o senhorio um novo contrato de arrendamento onde só conste o valor da renda que lhe interessa. O resto irá por trás da "porta". Bem visto, sempre é uma maneira do mal ser um pouco remediado. Quem fica contente ainda é o senhorio. Menos aquele que vai prós impostos.

Mas se calhar um "engenheiro" nunca se lembraria deste pormenor


De Anónimo a 10 de Dezembro de 2007 às 16:05
Parece-me que de todas as partes envolvidas no arrendamento jovem (os jovens, os senhorios e o governo/fisco), só o fisco vai sair a perder com este novo programa!!


De Pedro Sales a 9 de Dezembro de 2007 às 22:31
Ok, anónimo, do partido socialista. Vou alterar.


De Anónimo a 9 de Dezembro de 2007 às 22:10
"...arrisca-se mesmo a não gastar um cêntimo que não seja na generosa campanha publicitária que, como é costume, acompanha todas as propostas socialistas."
Porra! Ao menos põe aspas no "socialista"


De Porta 65 Fechada a 9 de Dezembro de 2007 às 20:12
Olá Jam,

As rendas máximas admitidas são definidas por NUTS III. No caso, Braga pertence zona Cávado e a renda máxima admitida para um T0 ou T1 é 180 euros. Como vês o caso é grave e nacional. Basta dar uma vista de olhos à petição on-line. Procura mais informações no blog sugerido.


De Jam a 9 de Dezembro de 2007 às 19:38
Aqui em Braga, na zona da Universidade, andavam a arrendar T0s, mobilados, novos, por cerca de 250€.

Não sei bem qual é o verdadeiro objectivo dessa iniciativa. Se, apenas, dar casa a preços acessíveis ou reavivar centros históricos...

Mas não se fazem petições contra só porque não está a funcionar em Lisboa e no Porto. Até nem são concelhos com assim tanta gente quanto isso, quando comparados com as respectivas zonas metropolitanas.


Comentar post