Domingo, 7 de Outubro de 2007
Tinha mais sentido chamar-lhe Ministério dos projectos apoiados pelo governo
O Governo autoriza a extracção em profundidade de mais 60 metros nas pedreiras da Arrábida, permitindo que a Secil tenha matéria prima para continuar a escavacar a serra por mais 20 anos, e o secretário de Estado do Ambiente vai à RTP dizer que, pela primeira vez, um governo está a limitar a acção das pedreiras nesta zona protegida...

As populações queixam-se das linhas de muito alta tensão, e o tribunal manda a REN desligar uma dessas linhas, e logo vem o ministro do ambiente dizer que, hoje, é “claramente maioritária” a opinião dos especialistas que recusam o impacto na saúde das linhas de alta tensão. Ora, como o ministro tem a obrigação de saber, o que a maioria dos estudos indica é que não há dados conclusivos que permitam estabelecer uma ligação causal entre a proximidade das linhas e o aumento de cancro - o que é bem diferente. Mesmo assim, a Organização Mundial de Saúde refere que a proximidade destas linhas pode aumentar em 200% o risco das crianças contraírem leucemia.

As autoridades galegas chumbaram a construção de uma unidade de aquacultura da Pescanova porque estava em terrenos da Rede Natura 2000. O governo português autoriza a sua instalação em Mira, e José Sócrates garante que todas as normas ambientais foram cumpridas, apesar de estar novamente numa Rede Natura 2000. Perante as criticas da Quercus, o ministério do Ambiente garante que não existe nenhum problema ecológico, mesmo sem ser conhecido o resultado do estudo de impacto ambiental. Se vier a ser negativo, diz, terá que ser adoptada outra solução...e o primeiro-ministro lá terá mais uma oportunidade de continuar a propaganda, em directo, num púlpito da Pescanova.
Etiquetas: ,

publicado por Pedro Sales às 15:23
link do post | comentar |

Comentários:
De smbc a 7 de Outubro de 2007 às 17:13
Vejam este vídeo que postei, do programa da RTP 2 biosfera:

http://mineralsandpreciousstones.blogspot.com/

Continuação de bom trabalho com o mesmo espírito crítico.


Comentar post

Zero TV
ZERO DE CONDUTA
Filipe Calvão

José Neves

Pedro Sales

Vasco Carvalho


zeroconduta [a] gmail.com
Indecisão 2008
Subscreva
Zero links
arquivos

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Feeds