Sábado, 17 de Novembro de 2007
Apeadeiro do Oriente
fotografia de nfcastro
Não subscrevo grande parte das considerações estéticas que o Duarte Calvão faz sobre a Gare do Oriente, mas este seu post toca de forma certeira num ponto essencial. A arquitectura não tem só uma componente estética. Apesar de ser uma arte, tem obrigações de funcionalidade a que não se deve dispensar. Tem que ter uma escala humana. E, nesse capítulo, a Gare do Oriente é um desastre. Sem nenhuma protecção contra o vento, confusa e sem um espaço abrigado onde as pessoas possam esperar pelo comboio não é a estação central de que Lisboa precisa. É um apeadeiro que custou 175 milhões de euros, o que deve ser um recorde mundial. Agora querem que o TGV passe por lá. Para um serviço caro, e que custará milhares de milhões de euros, não se compreende como é que vão acomodar os passageiros numa estação com o nível de comodidade do apeadeiro do Cacém. Uma coisa é certa, quem se lembrou desta mirabolante solução nunca teve que apanhar um comboio na Gare do Oriente no inverno. Devia ser esse o seu castigo. No próximo mês, todos os dias, às oito da manhã. Parece-me que mudava logo de ideias.

publicado por Pedro Sales às 19:22
link do post | comentar |

Comentários:
De L u i s P e s t a n a a 24 de Novembro de 2007 às 18:02
Não há nada pior que esperar pelo comboio, numa 6f, no verão e de fato, com o sol a furar a pele


De José Luiz Sarmento a 19 de Novembro de 2007 às 18:48
A bilheteira aonde me conduzem as escadas rolantes nunca é aquela de que preciso; as bilheteiras não são visíveis a partir uma das outras e nunca se sabe à partida quais estão abertas e quais estão fechadas, ou quais têm as filas mais pequenas.
E nunca hei-de deixar de associar a Gare do Oriente a uma das maiores molhas que apanhei na minha vida e a um sobretudo novo arruinado.
Mas lá bonita é. A minha sugestão é que se faça dela a maior escultura do mundo, que se cobrem bilhetes aos visitantes para a rentabilizar minimamente, e que se construa uma estação de caminhos de ferro a sério noutro lado qualquer, que aquela coisa para isso não serve.


De Coitadinho do Abrupto a 19 de Novembro de 2007 às 01:52
Sublinho o que disse a Flor, mesmo o piso inferior é péssimo para quem espera. E não é preciso ser Inverno, já lá rapei muito frio em pleno Verão... não se pode estar lá nunca com uma simples T-shirt por mais que 5 minutos.

Mesma a cena das bilheteiras é completamente caótica e confusa. Impróprio para quem lida com horários apertados. Em suma: péssima.


De Flor a 18 de Novembro de 2007 às 00:56
Garanto-vos que, para quem apanha o comboio lá todos os dias, sobretudo quando está vento, frio ou chuva, mesmo que fique no piso de baixo, a estação não deixa nada a desejar... O titulo de apeadeiro é mesmo adequado.


De max a 18 de Novembro de 2007 às 00:53
Pode esperar-se no piso inferior, é certo...mas as condições e o apetrechamento são manifestamente insuficientes para a dimensão do "apeadeiro"... Pedro sales tem razão: em termos de funcionalidade, da sua dimensão "user friendly", é um falhanço. Mas esteticamente única.


De Paulo Mouta a 17 de Novembro de 2007 às 23:42
Em relação à gare do Oriente, pela qual tantas vezes tive de passar, é verdade que pode apresentar algumas que são naturais quando pensamos que quem desenha estas instalações por norma não são pessoas que têm a necessidade de as utilizar. No entanto não deixa de ser uma grande obra.


De RCruz a 17 de Novembro de 2007 às 22:34
Em parte, estou de acordo. Deixem-me só fazer um apontamento:
Os portugueses duma forma geral toleram mal o frio e a chuva. Em várias cidades ditas desenvolvidas pela Europa fora, as grandes estações têm estes "problemas". Na Gare do Oriente é possível esperar confortavelmente pelo comboio num piso inferior, quando as condições meteorológicas o exigem.


Comentar post

Zero TV
ZERO DE CONDUTA
Filipe Calvão

José Neves

Pedro Sales

Vasco Carvalho


zeroconduta [a] gmail.com
Indecisão 2008
Subscreva
Zero links
arquivos

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Feeds