Sexta-feira, 20 de Julho de 2007
Olhe que não, olhe que não...
José Sócrates acaba de garantir, no debate do Estado da Nação, que, "com este governo, nenhum funcionário será penalizado por delito de opinião". Continuando, e tentando sossegar os ânimos da oposição, assegurou que nada acontecerá a Fernando Charrua. O Governo só não se pronunciou porque se encontra a decorrer um processo, concluiu, esquecendo-se de referir que, pelo meio, reconduziu a directora da DREN já depois desta história ser do conhecimento público.

"Pelo despacho (...) do Ministro da Saúde, de 5 de Janeiro, foi exonerada do cargo de directora do Centro de Saúde de Vieira do Minho a licenciada Maria Celeste Vilela Fernandes Cardoso, com efeitos à data do despacho, por não ter tomado medidas relativas à afixação, nas instalações daquele Centro de Saúde, de um cartaz que utilizava declarações do Ministro da Saúde em termos jocosos, procurando atingi-lo." Se isto não é penalizar um funcionário por delito de opinião, não sei o que é delito de opinião.

O primeiro-ministro faltou à verdade. O que é condenável e reprovável em qualquer político, é inaceitável na pessoa que tem a seu cargo os destinos da nação. Que o faça na Assembleia da República, perante toda a oposição e comunicação social, dá bem conta do autismo a que chegou o governo e do grau de inimputabilidade a que se julga destinado.

publicado por Pedro Sales às 13:19
link do post | comentar |

Comentários:
De Pedro Sales a 21 de Julho de 2007 às 04:17
Ainda bem que me conhece, já que eu não posso dizer o mesmo. O anonimato tem destas vantagens...


De Anónimo a 21 de Julho de 2007 às 00:04
Ai não sabes, não! Seria perseguição se se perseguisse quem lá pôs a graçola sobre o Ministro da Saúde. Esse engraçadinho (do PCP...) não foi sequer alvo do inquérito. A chefe do Centro de saúde é que não fez nada para retirar o papel da vitrine e devia-o ter feito, demonstrando que de facto não tinha categoria para fazer respeitar o local de trabalho. Isto não é delito de opinião, é fazer o jogo do PCP no Centro de Saúde e isso não de pode admitir... Percebeu? ou tenho que fazer um desenho? É claro que percebeu, só que lhe convém defender o engraçadinho do PCP e armar-se em vítima. Bem te conheço oh máscara...


Comentar post

Zero TV
ZERO DE CONDUTA
Filipe Calvão

José Neves

Pedro Sales

Vasco Carvalho


zeroconduta [a] gmail.com
Indecisão 2008
Subscreva
Zero links
arquivos

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Feeds