Quarta-feira, 18 de Julho de 2007
Com amigos destes...
Quase metade dos estrangeiros detidos em prisões geridas pelos EUA no Iraque são cidadãos sauditas. 45% dos estrangeiros responsáveis pelos ataques e atentados às tropas americanas e a civis iraquianos são sauditas. Metade dos combatentes sauditas actualmente no Iraque são bombistas suicidas, a percentagem mais elevada de todas as nacionalidades presentes no atoleiro iraquiano. Nos últimos seis meses, esses ataques mataram ou feriram 4000 iraquianos. Os números foram avançados, esta semana, pelo Los Angeles Times. Para quem não se lembra, 19 dos autores do 11 de Setembro eram cidadãos do grande amigo saudita e Bush continua a acusar a Síria e o Irão de promoverem o terrorismo.

p.s: Esta entrada foi corrigida. As alterações estão a bold, mas, no essencial, o sentido do post mantém-se inalterado: uma parte muito significativa dos responsáveis pela violência sectária que grassa no Iraque são cidadãos sauditas.
Etiquetas: ,

publicado por Pedro Sales às 22:45
link do post | comentar |

Comentários:
De Anónimo a 21 de Julho de 2007 às 16:31
Quem mata e esfola no Iraque são os Norte-americanos, Ingleses, Australianos e mais umas bestas amigas! Mas quem abriu mesmo as portas e é culpado são mesmo os Norte-Americanos e Ingleses.


De Pedro Sales a 20 de Julho de 2007 às 23:37
Ricardo Alves,

Tem razão. A proporção, no entanto, mantém-se inusitadamente elevada.

Euroliberal,

Vamos lá a ver se nos entendemos: são os sauditas e não os sírios ou líbios que metem as bombas no Iraque. O que é que não percebeu?


De Ricardo Alves a 20 de Julho de 2007 às 16:21
O comentário do Pedro Sales é interessante, mas dos 19 do 11 de Setembro só 15 é que eram sauditas; havia dois dos EAU, um egípcio (o Atta), um libanês (o Ziad Jarrah, conhecido pela vida de boémia que levou), e o vigésimo-que-não-chegou-a-ser era francês de origem marroquina (o Zacarias Moussaui).


De Euroliberal a 20 de Julho de 2007 às 15:39
Você não sabe ler inglês ? O que os jornal diz é que DOS INSURGENTES ESTRANGEIROS, 47% são sauditas: "About 45% of all foreign militants targeting U.S. troops and Iraqi civilians and security forces are from Saudi Arabia".

Só que os estrangeiros são uma pequeníssima parte (2 ou 3%) do total dos patriotas da resistência e também, em consequëncia, dos presos nas masmorras do ocupante cruzado. E é claro que os árabes não iraquianos TÊM TODO O DIREITO de auxiliarem os seus irmãos iraquianos da mesma Nação árabe na sua luta contra os terroristas cruzados. A sua presença no Iraque árabe e islâmico é legal. O que não é legal é a presença dos TERRORISTAS CRUZADOS !

Aprenda inglês e direito internacional, homem !


De Gonçalo Avelar a 20 de Julho de 2007 às 03:44
Não se esqueçam que esse amigo é dono de 8% dos EUA...


De José Luiz Sarmento a 19 de Julho de 2007 às 22:52
Extraordinário, não é?


Comentar post

Zero TV
ZERO DE CONDUTA
Filipe Calvão

José Neves

Pedro Sales

Vasco Carvalho


zeroconduta [a] gmail.com
Indecisão 2008
Subscreva
Zero links
arquivos

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Feeds