Quarta-feira, 10 de Outubro de 2007
De rotina não será, o problema é se começa a ser rotineiro

A governadora civil de Castelo Branco assegurou hoje que a presença da polícia nas instalações de um sindicato, para obter informações sobre eventuais protestos, levar documentação e alertar para o uso de linguagem menos própria na presença do primeiro-ministro, é um procedimento "habitual e rotineiro".



publicado por Pedro Sales às 00:19
link do post | comentar |

Comentários:
De busilis a 11 de Outubro de 2007 às 10:27
Fonte segura(uma torneira bem presa na parede)garantiu-me que eles foram là com a finalidade de garantir a segurança dos manifestantes,nao fosse haver uma contra manif(pelos 10 gajos que ainda apoiam o socas)que agredissem verbalmente os manifestantes.A nossa garbosa policia teve que tomar medidas.


De Luís a 11 de Outubro de 2007 às 00:19
Ainda nem aprendeu que as manifs não têm de ser autorizadas pelo governador civil nem por ninguém, apenas têm que ser comunicadas e mais nada! Não é preciso autorização para exercer um direito.


De Anónimo a 10 de Outubro de 2007 às 19:04
Diz o povo, com a sua sabedoria, que quem não quer ser lobo não lhe veste a pele.
Com tudo o que têm feito às pessoas que neles votaram, do que é que estão à espera?
É possível a cordialidade e a educação no ponto em que isto está?
Falamos todos a mesma língua? Ou só entendemos aquilo a que se chama insulto? Se assim é, pelo menos há uma língua comum que pode ser entendida por quem fala e por quem ouve.


De Nuno a 10 de Outubro de 2007 às 18:42
Ironias à parte, sejamos sérios! Facto é q ninguém sabe bem o q aconteceu! Se alguém me souber descrever os FACTOS eu agradeço! Parece-me uma tempestade num copo de água como ultimamente tenho assistido a muitas! As manifs têm de ser autorizadas pelo gov civil, não terá sido nesse sentido q a visita foi efectuada??
E uma coisa são manifs outra são manifestantes a ofender e nada mais os alvos das suas manifs(fdp, corrupto, etc...)! Depois há reacções dos ofendidos e fala-se em asfixia democrática! Haja paciência e haja seriedade na crítica!


De samuel a 10 de Outubro de 2007 às 13:41
Eram polícias sindicalizados e apenas queriam saber a hora e local da manif, para poderem participar...


De busilis a 10 de Outubro de 2007 às 11:55
Pois..., eu acho que eles foram là para perguntar as horas.


De Anónimo a 10 de Outubro de 2007 às 09:58
como os polícias iam à paisana, ou seja, sem farda e muito menos arma de fogo, como, aliás, o BE tanto apregoa para resolver eficazmente os nossos problemas de segurança e criminalidade, nada me tira da cabeça que eram mesmo agentes infiltrados para criar embaraços ao primeiro-ministro

Real


Comentar post

Zero TV
ZERO DE CONDUTA
Filipe Calvão

José Neves

Pedro Sales

Vasco Carvalho


zeroconduta [a] gmail.com
Indecisão 2008
Subscreva
Zero links
arquivos

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Feeds