Terça-feira, 6 de Novembro de 2007
Para além disso, toda a gente sabe que a "medicina socialista" come criancinhas ao pequeno-almoço
"Eu tinha cancro da próstata há cinco, seis anos atrás. As minhas hipóteses de sobreviver - e, graças a Deus, fiquei curado - nos Estados Unidos? Oitenta e dois por cento. As minhas hipóteses de sobreviver a um cancro na próstata na Inglaterra? Apenas 44 por cento, com a sua medicina socialista".

Já há vários dias que se sabia que os números usados por Rudy Giuliani, o mais que provável candidato republicano às presidenciais norte-americanas, eram falsos. Ontem, numa raríssima intromissão na campanha eleitoral de outro país, o ministro da Saúde britânico veio desmentir publicamente o candidato presidencial republicano e esclarecer que, em Inglaterra, a taxa de recuperação se situa nos 74.4% - e a subir. Pouco importa. Giuliani, numa exemplar demonstração de que Bush fez escola na política americana, já garantiu que vai continuar a transmitir o anúncio na mesma.

Mas o mais importante no anúncio não é tanto o que diz Giuliani mas o que fica por dizer. Esconde que a "medicina socialista" custa aos contribuintes menos de metade do que os americanos gastam em despesas de saúde. O único país industrializado sem um serviço universal de saúde, é o país que gasta mais em despesas médicas: 15% do PIB. O resultado? 46 milhões de cidadãos, sem seguro, não tem acesso a nenhum cuidado de saúde. A pergunta que exigia resposta era essa. Qual é a probabilidade que esses milhões de pessoas têm de sobreviver a um cancro da próstata? Zero por cento. É esse o número que interessa, por muito que os nossos liberais de serviço pretendam elogiar as virtudes de um sistema exclusivamente privado que gasta fortunas para apresentar indicadores medíocres.

publicado por Pedro Sales às 12:30
link do post | comentar |

Comentários:
De joao a 8 de Novembro de 2007 às 13:26
A posição dos USA ainda é pior nos índices de mortalidade infantil

http://en.wikipedia.org/wiki/List_of_countries_by_infant_mortality_rate


De S.V. a 7 de Novembro de 2007 às 22:13
Para alguns a vida tem um preço... o do seguro. Não contentes ainda querem meter preços nas vidas dos outros.

A esses que querem trazer o modelo estado-unidense para cá desejo-lhes que fiquem pobres e gravemente doentes, se não é a racionalidade que os guia, então que sejam guiados pelo medo.


De dr maybe a 6 de Novembro de 2007 às 14:58
acho meio suspeita essa imagem do giuliani assim a arregaçar o dente junto a uma criancinha...


De Tiago Loureiro a 6 de Novembro de 2007 às 14:39
http://oamigodoalheio.blogspot.com/ (http://oamigodoalheio.blogspot.com/)


De samuel a 6 de Novembro de 2007 às 13:48
Sobre um canalha que utiliza os atentados do 9.11 para angariar fundos para a sua campanha pessoal, não fica muito por dizer...
Na práctica é pouco mais do que isso, um canalha!


Comentar post

Zero TV
ZERO DE CONDUTA
Filipe Calvão

José Neves

Pedro Sales

Vasco Carvalho


zeroconduta [a] gmail.com
Indecisão 2008
Subscreva
Zero links
arquivos

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Feeds