Quarta-feira, 15 de Agosto de 2007
Os longos braços da censura Socrática

"Politicamente só existe aquilo que o povo sabe que existe", disse Salazar, durante a inauguração do Secretariado de Propaganda Nacional, em 26 de Outubro de 1933.

Um estudante de doutoramento de Caltech acaba de lançar uma ferramenta de busca na Wikipédia que promete dar que falar. É só inserir o nome ou morada IP de uma organização e, voilá, temos o historial de alterações da Wikipedia submetidas por essa morada. (ver história da Wired ou o site aqui: se não der é porque meio mundo está a aceder ao site). A Wired lista já algumas das mudanças (onde as mudanças feitas pelo servidor da FOX News já estão a dar que falar) .

E então experimentei o seguinte: o sufixo do Governo Português .gov.pt (ver CEGER para uma listagem de gov.pt). Depois é ir aqui para ver qual a morada IP correspondente: neste caso, 193.47.185 (0 a 255, ocupam a banda de IP). Depois é só ir ao motor de busca para ver a máquina de contra-informação a funcionar.

Pelos dias em que rebentou o escândalo Sócrates-UNI (início de Abril de 2007), alguém (IP 193.47.185.124) apagou:

"Universidade Independente is presently (06-04-2007) under investigation on alleged irregularities on several matters. The Portuguese Prime Minister alleged university degree by this university is presently under a huge public discussion and media storm. A strong case is being build up against possible false declarations by José Sócrates on his university degree. Under heavy pressure, the Portuguese Prime Minister promised to clarify the situation..."

e apagou também o "briefly" em "he briefly attended the ''Instituto Superior de Engenharia de Lisboa'' .

A luta de posts e contraposts repete-se nos dias seguintes, onde se afiança que "He completed an MBA" e apaga a sua média de curso ("12 out of 20"), bem como a descrição da vida pessoal: "Sócrates, a father of two who is divorced, lives in Lisbon and is a registered elector of the municipality of Covilhã (central inland Portugal) where he lived throughout his childhood and teen years with his father, a divorced architect."

Já em Julho também acharam por bem apagar uma parte de biografia de Luís Amado: "He is married (separated, long time affair with an Executive member of the World Bank; Mrs.Sarah Cliffe) and has two children". Passou a " married and has two children".

Ficam aqui os resultados desta busca: José Sócrates versões 1,2,3,4 e Luís Amado 5

PS: A Wikipedia não estava a dormir. Aqui fica a acusação de "vandalismo" ao IP 193.47.185

User talk:193.47.185.124
From Wikipedia, the free encyclopedia
Jump to:
navigation, search

[edit] April 2007

Please do not delete content from articles on Wikipedia, as you did to José Sócrates. Your edits appear to be vandalism and have been reverted. If you would like to experiment, please use the sandbox. Thank you. MER-C 12:26, 9 April 2007 (UTC)

PS2: Ver aqui para os resultados de um reverse IP ao número 193.47.185.124 apontando para o CEGER, que gere a banda de IPs do Governo, de 0-255, correspondente aos sufixos .gov.pt. É seguir a seta ali junto à Calçada da Estrela.


No site do CEGER pode ler-se a sua missão:

"Por delegação do Primeiro-Ministro o Ceger funciona na Presidência do Conselho de Ministros, na directa dependência do Secretário de Estado da Presidência do Conselho de Ministros. O Ceger dá suporte à Governação nos domínios das Tecnologias da Informação e Comunicação. Compete-lhe garantir a utilização mais eficaz das Tecnologias da Informação e comunicação, e particularmente da Internet, para criar melhor Governo."


Desinformar, portanto. "Por delegação do Primeiro-Ministro".

(screenshot da wikipedia com alterações registadas)
(screenshot com aviso de vandalismo)
(screenshot com alterações realizadas por IP do CEGER)



publicado por Vasco Carvalho às 18:38
link do post | comentar |

Comentários:
De Rodrigo a 5 de Setembro de 2007 às 21:31
Caro Pedro Sales,

A partir do link que fundamenta a sua declaração, retirei no fim este parágrafo:

"David Damião admitiu, assim, que as mudanças possam ter sido introduzidas por pessoal do gabinete do primeiro-ministro, do seu secretariado ou até do Governo em geral. Garante, todavia, que "não eram do conhecimento" de Sócrates. "O que foi feito foi repor a verdade", rematou, ao JN, o assessor de Imprensa."

A expressão "do governo", é algo "genérica" e pode ser mal interpretada, como foi no seu caso.

Todavia, o título foi feito antes de qualquer alegação por parte do CEGER ou partidários/colaboradores do Sr. José Sócrates.

Cumprimentos,
Rodrigo Selada


De Joao Vasconcelos a 25 de Agosto de 2007 às 22:00
Muito obrigado pelo precioso trabalho de investigação.


De Rui Cruz a 22 de Agosto de 2007 às 10:02
Lindo!
Muito bem feito e apanhado. :)


Rui


De Joshua a 20 de Agosto de 2007 às 17:25
É cretino e preocupante, sem dúvida, mas nada que já não suspeitássemos. A partir daqui é só exercer a devida vigilância da moderna blogocidadania.


De Anónimo a 20 de Agosto de 2007 às 12:50
Aida dizem que não há PIDE...então o trabalho do autor da posta o que é? NÃO É DA pide então é o que da KGB?

ze bone


De Artur Rosa a 20 de Agosto de 2007 às 06:33
Antes de mais, gostava de esclarecer que eu não sou um funcionário público nem tenho qualquer outra ligação com o governo a não ser o de normal cidadão.
Quero também dizer que, tal como muitos outros cidadãos, fui prejudicado por algumas decisões deste governo. Acrescento que não sou filiado em qualquer partido político.

Apoio e aplaudo a coragem deste governo em mexer em assuntos em que ninguém teve antes coragem de mexer. Aplaudo a bravura das suas difíceis decisões. Aplaudo o não seguirem o caminho do fácil populismo que os anteriores governos trilharam. Aplaudo a coragem de não cumprirem com promessas eleitorais que se viriam a revelar como erradas. Aplaudo a valentia com que insistem em trilhar o caminho que escolheram e que consideram certo, apesar de todos os ventos contra.

O país precisa de pessoas com coragem e convicções. Alguém que sabe o que quer. O país não precisa de governos que têm na mira apenas as próximas eleições e nada mais. O país não precisa de partidos como o BE e outros, que usam demagogia barata, como a deste blog, para tentarem desmotivar as pessoas e fazê-las pensar que tudo é mau neste país. O país não precisa de desmotivação, isso já existe o suficiente. O país precisa de união em torno de uma causa comum, que é fazer melhorar este mesmo país. Uma constante e insana insistência em sistematicamente atacar o governo em todas as palavras que diz não melhora nada, pelo contrário. É destrutivo, não construtivo. Um bom exemplo disto é precisamente a investigação levada a cabo por este blog. Perderam imenso tempo com esta investigação e para quê? Para destruir. Para provar que alguém fez uma coisa errada. Se gastassem este mesmo tempo a fazer algo construtivo não seria muito melhor?! O que me apetece dizer é "vai trabalhar, pá!".
Críticos já temos muitos, o que precisamos é de realizadores.

Algumas das decisões do governo estão erradas? Muitas, talvez? Concordo. E depois? Só quem não toma decisões é que erra. Prefiro um governo que tome 100 decisões, das quais 50 estão certas e 50 estão erradas, do que outro que tome apenas 10 decisões, mesmo que todas certas (e mesmo essas, só a "meio-gás", com medo de perderem votos nas próximas eleições).

A Wikipedia foi alterada? E depois? O que é que interessa para o país as tais possíveis falsas declarações do Sócrates relativamente à sua carreira universitária? O que é que interessa se ele é engenheiro ou não? Novamente, demagogia barata e mesquinha dos nossos inúteis partidos da oposição para tentarem desviar a atenção do que realmente interessa.

Vai trabalhar, pá!


De LMF a 19 de Agosto de 2007 às 22:27
Mes meus caros, a web2.0 não é para todos? Já não se pode repor a verdade? Não é legítimo que isso aconteça? Mas que democracia é esta?


De Pedro Sales a 18 de Agosto de 2007 às 21:47
Caro Rodrigo Selada,

O assessor de imprensa do PM já reconheceu que foi o Governo que fez a alteração, para "repor a verdade".

http://jn.sapo.pt/2007/08/18/nacional/perfil_socrates_wikipedia_pirateado.html


De Rodrigo a 18 de Agosto de 2007 às 17:20
O reparo é óptimo, o título é uma mentira.

Não se sabe (e dificilmente se saberá) quem poderá ter feito a alteração. Pode ter sido uma de inúmeras pessoas que acede à Internet e cuja ligação passa inevitavelmente pela CEGER (e esse inevitavelmente também não é qualquer controlo do governo!). Essa pessoa, livre como qualquer outra, fez a sua alteração. Não significa que seja a mando de Sócrates e dos seus "longos braços da ditadura Socrática".

Cumprimentos,
Rodrigo Selada


De rouxinol de Bernardim a 18 de Agosto de 2007 às 14:05
É a globalização!!! No tempo de Salazar, a Pide não tinha os poderes que hoje existem... se os tivesse, então, seria muito pior...
O "caso" da Independente está hoje encerrado mas ninguém pense que nas outras universidades não há coisas similares... não sejamos ingénuos. As novas tecnologias permitem coisas boas e delirantes. Há um indivíduo que andou a insultar-me e a caluniar-me ao longo de meses. Há dias escreveu-me um mail a "pedir perdão" pois já sabe que as acusações feitas por ele não tinham fundamento. No entanto mantém os posts onde sou caluniado, perseguido e injuriado da forma mais ignóbil.


Comentar post

Zero TV
ZERO DE CONDUTA
Filipe Calvão

José Neves

Pedro Sales

Vasco Carvalho


zeroconduta [a] gmail.com
Indecisão 2008
Subscreva
Zero links
arquivos

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Feeds