Segunda-feira, 12 de Novembro de 2007
A "liberdade de escolha" não convence ninguém
Reparo, com algum atraso, que no Utah, um dos estados norte-americanos mais conservadores, os eleitores rejeitaram o tão falado cheque ensino. Foi a décima vez, desde 1972, que uma proposta idêntica foi referendada num estado norte-americano. Foi a décima vez que foi rejeitada pela população. Para quem passa a vida a defender o cheque-ensino com base na suposta liberdade que atribui aos cidadãos, convenhamos que a rejeição sistemática a que estes votam esta proposta devia fazer os seus proponentes pensar duas vezes. Talvez evitassem continuar a defender o cheque-ensino com base numa estapafúrdia comparação entre o sistema de ensino e as padarias.

Na sua coluna de hoje no Público, Pedro Magalhães faz uma justíssima referência a um blogue, dizendo que "é verdadeiramente espantoso como, em poucos dias após a divulgação dos rankings, um blogue de um economista não académico (Miguel Madeira, no Vento Sueste) tenha feito mais pela análise dos resultados que centenas de técnicos do Ministério da Educação e dezenas de professores universitários supostamente especialistas em políticas educativas nos últimos sete anos". Só ontem à noite, numa tardia vista de olhos pelo Technorati, reparei nos dados apresentados pelo Miguel Madeira. Ainda não os li todos com a atenção que merecem. Mas é um contributo imprescindível para uma melhor compreensão dos rankings.

publicado por Pedro Sales às 10:21
link do post | comentar |

Comentários:
De Anónimo a 12 de Novembro de 2007 às 14:22
E O CHEque MATERNIDADE? para criar uma sociedade de pretos e ciganos? e vai um cheque pra marquize! Melhor seria fomentar a qualidade do ensin etc.


De Anónimo a 12 de Novembro de 2007 às 14:06
Já que entrámos na erad do Cheque, porque não criar o cheque ambiental? Quem recolher mais lixo na via pública em quilos tem direito a um cheque de compras no comércio local ou grande superfície? os supermercados também não deveriam dar sacos de plástico, nem vender, quanto mais dar. Poderiam criar outro tipo de saco ou os clientes deveriam trzaer o saquinho de casa.


Comentar post

Zero TV
ZERO DE CONDUTA
Filipe Calvão

José Neves

Pedro Sales

Vasco Carvalho


zeroconduta [a] gmail.com
Indecisão 2008
Subscreva
Zero links
arquivos

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Feeds